Produtores de Linha Leopoldina, em Colinas, estão sem luz e água devido vendaval

Algumas famílias recorrem ao gerador, mas reclamam do alto custo com diesel


0
Família Lohmann já percebe produção de leite afetada (Foto: Caroline Silva) 

O vendaval que também atingiu o Vale do Taquari neste sábado (5) segue trazendo problemas para algumas famílias, como na Linha Leopoldina, em Colinas, onde há seis propriedades de leite e seis de suínos, todas elas afetadas com a falta de energia e também de água após o temporal.

A produtora de leite Aline Lohmann, fala que a família optou por fazer uso de um gerador para amenizar os prejuízos e conseguir alimentar os animais, mas mesmo assim enfrentam dificuldades. “Com o gerador temos mais custos com diesel porque deixamos três horas só para ordenha e mais uma hora para tratar os porcos”, conta.

E mesmo com a ajuda do gerador, a produtora diz que já percebem prejuízos no leite devido a falta de luz. “Como somos uma propriedade certificada pela Languiru, temos que colocar a temperatura abaixo de 4ºC, mas não estamos conseguindo, mesmo não sendo muito quente”, relata.

“A gente fica naquela apreensão”

Rosana Scharb e Marco Kerber são produtores de suínos e ficam apreensivos quando ocorrem temporais (Foto: Caroline Silva)

Também na localidade de Linha Leopoldina, o casal Rosana Scharb e Marco Kerber, produtores de suínos, também sofrem com a falta de energia e água desde o final de semana. Rosana fala que sempre que ocorre algum vendaval, a família fica na espera da queda de luz. “A gente sempre fica naquela apreensão, temos criação de suínos e então dependemos muito da luz para tratar os animais, isso acontece há anos e a RGE podia investir em melhorias, pois quando acontece um vento forte já ficamos esperando estarmos nesta situação”, comenta.

O mesmo pensa o produtor Marco. Para ele, a empresa deveria trabalhar mais com a prevenção para evitar momentos como este. “Todo mundo paga certinho a luz todo mês, e a gente pede uma solução, sei que são muitas localidades, mas se eles conseguirem resolver o nosso interior de Colinas será bem importante”, sugere.

Quando volta a luz?

Em entrevista ao programa Redação no Ar da Rádio Independente, o consultor de negócios da RGE no Vale do Taquari, Umberto Ossig Santana, informou que 17 mil clientes foram afetados pela falta de energia na região, e até por volta das 16h desta segunda-feira (7) 3,5 mil ainda permaneciam sem energia, porém a situação seria 100% resolvida até o final do dia.

Texto: Caroline Silva
jornalismo@independente.com.br