Projeto Bike Solidária Lajeado recebe a visita técnica do Instituto Innovare

O Bike Solidária prevê o conserto, restauração de bicicletas e doação para escolas públicas


0
Foto: Divulgação

O projeto Bike Solidária, que concorre ao Prêmio Innovare, recebeu nesta terça-feira (5) a visita técnica do consultor Marcelo Lima Bertuol na Promotoria de Justiça. Os parceiros da ação conjunta o Ministério Público, Associação Lajeadense Pró-Segurança Pública (Alsepro), Polícia Civil e Serviço Nacional de Aprendizado Industrial (Senai) acompanharam o encontro. O grupo apresentou primeiro detalhes da idealização até dados de execução do projeto que está no segundo ano de atividades.

O Bike Solidária prevê o conserto, restauração de bicicletas (liberadas de ações judiciais, que estão no pátio da Delegacia de Polícia de Lajeado e Cruzeiro do Sul) e doação para escolas públicas, localizadas em bairros mais vulneráveis. No ano passado 16 estudantes de Lajeado concluíram o curso e agora são mais 17 em formação, a maioria de Cruzeiro do Sul.

Depois da explanação, o consultor seguiu com o grupo até o Senai, onde são realizadas as aulas, para conferir na prática a ação. Marcelo Bertuol elogiou o projeto pioneiro no Estado na capacitação de jovens e o reaproveitamento das bicicletas. Ele conversou com professores, alunos e até diretores das escolas de Santo Antônio, São João Bosco, de Lajeado e a Estadual de Ensino Médio João de Deus, de Cruzeiro do Sul.

Foto: Divulgação

“Muito mais do que resgatar as bicicletas, liberar um espaço na delegacia, cuidar do meio ambiente, o que os jovens acabam experimentando aqui vai influenciar na formação do caráter de cada um. Eles desenvolvem o senso de equipe, organização e visão profissional” relatou Bertuol. Ele destacou ainda a união de forças como agente transformador da sociedade.

Prêmio Innovare

O Instituto Innovare nasceu a partir de uma iniciativa de conhecer as melhores práticas que existem no Brasil, e tem como objetivo identificar, divulgar e difundir práticas que contribuam para o aprimoramento da Justiça no Brasil. Esse ano foram selecionados 600 projetos em todo país, no Estado são 44 com destaque na categoria Ministério Público que inscreveu 18 projetos. A promotora da Comarca de Lajeado, Ana Emília Vilanova afirmou que o projeto Bike Solidária tem tudo para ser replicado em muitas comarcas do Estado e até fora do RS. “Neste momento o projeto está entre os selecionados do Innovare, automaticamente vai para o banco de boas práticas, e isso já um grande ganho.”

O coordenador do projeto, Francisco Weimer dos Santos, falou sobre a receptividade por parte do consultor e a boa impressão que o projeto causou. “ Acreditamos que ele tenha saído daqui impressionado com a iniciativa. Os depoimentos de professores e alunos que concluíram o curso foram fundamentais para dar integridade e lisura ao projeto.”

Próximo passo

O consultor tem até o dia 15 de julho para realizar o relatório complementar que vai anexado ao relatório elaborado pelo Ministério Público e encaminhado para a comissão julgadora, formada pelos membros do Sistema de Justiça Brasileiro (Ministro do STF, STJ, Conselho Nacional da Justiça, representantes da advocacia, do MP, da Defensoria).

A equipe fará uma análise dos projetos e a escolha será por categorias, ao todo são sete (7): Ministério Público, Juiz, Tribunal, Defensoria, Advocacia, Justiça e Cidadania. Os finalistas serão divulgados no fim de outubro e a cerimônia de premiação deve ser realizada em dezembro no STF. AI/RC

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui