Projeto Corrente do Bem distribui mais de mil pacotinhos de páscoa para entidades e bairros de Lajeado

Campanha denominada de “Toca do Coelho” repassou lanches, brinquedos e cestas básicas para instituições parceiras e famílias da cidade


0
Separação dos brinquedos e alimentos entregues foi feita na sede do projeto (Foto: Gabriela Hautrive)

Quando datas comemorativas se aproximam, o Projeto Corrente do Bem de Lajeado sempre se mobiliza para realizar campanhas, além de sua programação de ações que já acontece durante todos os meses do ano. Desta vez, através da Campanha Toca do Coelho, as voluntárias se mobilizaram para confeccionar mais de mil pacotinhos contendo doces, alimentos e brinquedos que são distribuídos em entidades e bairros de Lajeado. As instituições parceiras são as Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes) de Lajeado e Cruzeiro do Sul; Associação de Assistência à Infância e à Adolescência de Lajeado (Saidan); Abrigo São Chico e Vovó Lar, além do Posto de Saúde São Bento, agentes do local e voluntárias que trabalham dentro das comunidades.


ouça a reportagem

 


 

A iniciativa visa presentear crianças na comemoração da páscoa, com entregas que foram realizadas durante todo o mês de março e ainda seguirão nos primeiros dias de abril. Além disso, mensalmente o projeto distribui cerca de 25 cestas básicas em locais carentes da cidade, sendo que no mês de março foram 36, então além de contribuir com a alimentação das famílias, o a ação visou prestar um ato de carinho para as crianças, conforme explica a fundadora e presidente do projeto, Carline Sell Ariotti. “Nesse momento de crise pensamos em alimentação, mas as crianças possuem outra imagem do que estamos vivendo, então porque não levar um sorriso em um momento tão complicado?”.

Carline Sell Ariotti criadora do Projeto Corrente do Bem (Foto: Gabriela Hautrive)

Para produzir os pacotes foram arrecadados doces, brinquedos novos e usados, ursos de pelúcia e pipoca doce. Materiais que passaram por coleta e separação antes de serem preparados para entrega. O trabalho é feito por muitas mãos e totalmente de forma voluntária, desde quem faz a doação, até quem separa e entrega. “Isso não tem preço, realmente muitas pessoas nos perguntam se é trabalho voluntário mesmo, e sim é trabalho voluntário, a gente doa nosso tempo, muitas vezes tiramos ele da nossa família”, conta.

O Projeto Corrente do Bem Lajeado há muito tempo realiza ações e trabalha em prol de famílias carentes da cidade. Para 2021, o cronograma de campanhas já está montado. Além da ação de páscoa neste mês, para abril já foi dado início para a ação com doação de livros; em maio e junho será realizada a Campanha de Inverno; em julho atividades para beneficiar mães e crianças; em agosto distribuição de kits de higiene; setembro ação de arrecadação de brinquedos para o Dia das Crianças; outubro a entrega dos brinquedos e início da campanha de cartinhas para o Papai Noel, fechando as ações em novembro e dezembro com a Campanha de Natal, tendo meta de 100 cestas básicas com arrecadação de mantimentos. Além disso, nos primeiros meses do ano, janeiro e fevereiro, foram realizadas campanhas de volta às aulas e entrega de materiais de higiene pessoal para entidades de Lajeado.

Pacotinhos sendo confeccionados pelas voluntárias do projeto (Foto: Divulgação)

Mudança de nome e como ajudar

A próxima ação pontual do projeto é o ato de lançamento de uma mudança no nome, homenageando a filha da fundadora do projeto que deu início a tudo o que foi construído desde a criação da entidade por conta de sua perda. “Estamos alterando o nome, pois em 21 de abril o projeto completa 7 anos e será chamado de “Soffya Valentina – Corrente do Bem”, em homenagem a nossa guerreira que está no céu e é o motivo de tudo isso”, relata. O logo vai seguir sendo o mesmo, apenas será acrescentado o nome da menina junto ao nome já existente.

Quem deseja contribuir de alguma forma com a Corrente do Bem pode entrar em contato com Carline através da página do projeto no Facebook ou então levar doações nos pontos de coletas. Há também como participar do Brechó do Bem, que funciona em sextas-feiras e sábados em uma sede no Bairro Moinhos D’Água, em Lajeado e que em breve fará vendas online através do Instagram @brechodobemlajeado_rs. Para mais informações o telefone de contato é (51) 9 8213-3303.

História do projeto

O projeto Corrente do Bem Lajeado foi criado por Carline Sell Ariotti. A iniciativa começou devido a dor, após perder sua filha, Soffya Valentina. Diante da situação, resolveu promover ações para ajudar quem precisa. Conhecidos e amigos, além de empresas, passaram a formar uma grande “corrente do bem”, sem nenhum vínculo com prefeituras.

A iniciativa auxilia diferentes pessoas e faixas etárias. Além da procura dos próprios interessados, muitos casos chegam ao projeto via agentes comunitários de saúde, assistentes sociais e entidades de toda a região. A ideia era manter o trabalho pelo período de dois anos, porém já são sete em atuação, crescendo e projetando ampliações e continuidade das ações para o futuro, inclusive com construção de uma sede própria no Bairro Moinhos D’agua, em Lajeado.

Texto: Gabriela Hautrive
reportagem@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui