Projeto de extensão Habitar Bem, da Univates, renova parceria com município de Lajeado

No encontro foram estabelecidas atividades e planejadas ações futuras


0
Foto: Divulgação

O projeto de extensão Habitar Bem, da Univates, recentemente, em março, renovou sua parceria com a Prefeitura de Lajeado por meio das Secretarias do Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sthas) e do Planejamento (Seplan). 

Representando a Prefeitura, na reunião estiveram presentes o secretário do Planejamento, o arquiteto e urbanista Giancarlo Bervian; a secretária da Sthas, assistente social Céci Gerlach; e a funcionária do setor de Assistência Social da secretaria, a assistente social Glaucia Arioti. Pela Univates, a reunião contou com a presença da professora coordenadora do projeto de extensão, Jamile Weizenmann; do bolsista Bruno Frohlich; e do coordenador do curso de Arquitetura e Urbanismo, Cristiano Zluhan Pereira.

No encontro foram estabelecidas atividades e planejadas ações futuras de engajamento entre Universidade e o município relacionadas ao tema da habitação. Para a professora Jamile, a parceria que teve início em 2019 é uma conquista para os envolvidos, uma vez que permite unir esforços e ações em prol da comunidade e da aprendizagem dos estudantes. “Sabemos a atenção demandada pela a área da habitação e como as condições da moradia afetam e tensionam outros campos da vida do indivíduo, como a sua saúde”, afirma.

A parceria potencializa ações que podem auxiliar as famílias em situação de vulnerabilidade ao mesmo tempo em que o estudante passa a conhecer e ser inserido na realidade regional. “Assim ele passa a reconhecer a importância do papel social do profissional de arquitetura e urbanismo no tema da habitação.” 

Para este ano 

Em 2021, o projeto de extensão seguirá com o apoio ao projeto Nenhuma Casa Sem Banheiro (do CAU/RS), que vem ocorrendo em Lajeado desde 2020, no qual a Instituição atua na busca de recursos e organiza ações para viabilizar as reformas necessárias em banheiros de residências de famílias carentes, além de seguir engajada com a organização do banco de doações de materiais de construção – que nasceu devido ao projeto Nenhuma Casa Sem Banheiro, mas que se torna permanente para futuras necessidades de melhorias habitacionais. 

Em parceria com o Serviço de Assistência Jurídica (Sajur) da Univates, o Habitar Bem desenvolve ações como  auxílio à regularização fundiária à proprietários de imóveis. A iniciativa conta com a parceria da Defensoria Pública Estadual e, no momento, aguarda para que possa ser retomada em virtude da pandemia da Covid-19. 

Integram a equipe do Habitar Bem os professores do curso de Arquitetura e Urbanismo Cristiano Zluhan, Guilherme Osterkamp, Débora Righi, Marta Piccinini e os bolsistas Bruno Froelich e Bárbara Delazeri.  

O projeto 

O projeto de Extensão Habitar Bem teve início em 2019 na Univates, como um projeto voluntário. Atualmente faz parte dos projetos de extensão institucionalizados da Univates. O objetivo é promover a compreensão do papel social dos profissionais de Arquitetura e Urbanismo, Direito e Engenharia Civil, a partir da relação dialógica entre estudantes e comunidade regional, permitindo construir novos saberes em relação ao tema da Habitação de Interesse Social e os desafios que se referem ao direito à moradia digna, contribuindo para a sua formação integral e para a transformação da comunidade. 

Por meio do projeto, os estudantes podem conhecer a realidade regional, principalmente no que se refere aos problemas sociais relacionados à habitação, aproximando o estudante dos sistemas de gestão urbana por meio do acompanhamento das ações junto aos setores competentes do Município, também são objetivos do projeto. Para isso, é preciso apoio das diferentes secretarias municipais envolvidas no processo a fim de realizar as ações. AI/VM

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui