Promessa de agilidade nas transferências bancárias, Pix inicia operações na próxima segunda

"Futuramente, ele vai estar presente também nos boletos, nas faturas, além do código de barras", explica assessor da Sicredi Integração.


0
Assessor de negócios do Sicredi Integração RS/MG, Ismael Carlos Joanella (Foto: Jonas de Siqueira)

Iniciam na próxima segunda-feira (16) as operações através do Pix. O novo sistema criado pelo Banco Central disponibiliza pagamentos e transferências em tempo real. A funcionalidade estará disponível nos aplicativos das instituições financeiras. Para habilitar a função, o correntista deve cadastrar suas chaves, que podem ser um e-mail, CPF, CNPJ, telefone, entre outros. Cada dado poderá ser usado somente para uma única conta. Pessoa física será isenta de taxa, enquanto pessoa jurídica terá redução de custos com relação às funcionalidades atuais, como TED e DOC.


ouça a entrevista

 


Para o assessor de negócios do Sicredi Integração RS/MG, Ismael Carlos Joanella, o Pix representa simplificação e agilidade nas transações em tempo real. O processamento ocorre em até 10 segundos, 24 horas por dia, sete dias por semana. Conforme ele, “é uma dinâmica diferente ao que a gente estava acostumado”.

“A questão do Pix é uma evolução. Inicialmente ele vem como opção de transferência entre contas, mas, futuramente, ele vai estar presente também nos boletos, nas faturas, além do código de barras. O Pix vai estar ao lado do código de barras, como uma opção de pagamento. Então, futuramente, vai estar integrando todos os meios de pagamento e recebimento, inclusive a arrecadação de impostos”, explica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui