Promotor alerta para importância da inclusão social após presos cumprirem suas penas

Diefenbach pede união para romper com esse ciclo negativo de violência e criminalidade


0
Foto: CNJ / Divulgaão

Nesta quinta-feira (23), governo gaúcho e Univates assinam acordo de cooperação para a inclusão social de presidiários. O assunto foi tema do comentário do promotor de Justiça Sérgio Diefenbach no quadro “Direto ao Ponto”, dentro do programa Troca de Ideias.

De acordo com o integrante do Ministério Público, há a necessidade de preparar o retorno dessas pessoas privadas de liberdade às suas famílias e à sociedade, após cumprirem as suas penas. Diefenbach que esse é um passo importante em uma civilização moderna.


ouça o “direto ao ponto”

 


Caso contrário, os detentos podem sair em piores condições do que entraram, com reincidência e violência doméstica. Sem o acolhimento da sociedade, os únicos que o recepcionarão será o próprio crime.

Diefenbach pede união para romper com esse ciclo negativo de violência e criminalidade. “Só acontece se houver segurança e cuidado”, alerta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui