Promotor responsável esclarece dúvidas sobre campanha realizada em prol de criança em Santa Clara

Devido à demora para o agendamento da cirurgia pelo SUS, a mãe decidiu criar uma vaquinha virtual e uma rifa para arrecadar o valor.


0
Promotor do Ministério Público de Lajeado, Sérgio Diefenbach (Foto: Joel Alves)

Após receber denúncia de uma possível campanha fraudulenta sendo realizada em favor de uma criança em Santa Clara do Sul, o promotor do Ministério Público de Lajeado, Sérgio Diefenbach, decidiu ouvir a mãe da criança e tomar conhecimento dos detalhes da campanha.



OUÇA A REPORTAGEM


A audiência foi realizada na manhã desta sexta-feira (2), no Ministério Público de Lajeado. Segundo a mãe, a criança de 3 anos sofria com problema nas amígdalas. Devido à demora para o agendamento da cirurgia pelo SUS (Sistema Único de Saúde), ela resolveu criar uma vaquinha virtual e uma rifa para arrecadar o valor, cerca de R$ 3.500, para a realização da cirurgia.

“Percebi que não houve má fé por parte da mãe e sim uma grande preocupação com sua filha, que estava sofrendo muito”, esclarece o promotor responsável. A cirurgia particular está agendada para próxima terça-feira (6), no Hospital Bruno Born, de Lajeado, utilizando o valor arrecadado com a campanha. JA

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui