Propagador de teorias da conspiração é multado em US$ 4,1 milhões nos EUA

Alex Jones, dono da Infowars, foi condenado por difamação por dizer que o tiroteio na escola de Sandy Hook era uma farsa


1
Foto: Pixabay

Por uma década inteira, o apresentador de rádio Alex Jones usou seu portal na internet, o Infowars, para propagar teorias da conspiração sobre o tiroteio em massa em Sandy Hook, uma escola de Ensino Fundamental em Connecticut, nos Estados Unidos. Ele fez repetidas alegações de que o massacre não teria sequer acontecido, e na verdade seria um estratagema elaborado para forçar políticas de controle de armas no país.

No entanto, Jones foi processado por difamação, e no julgamento admitiu: o ataque “foi 100% real”. Na quinta-feira (4), o júri ordenou que o propagador de teorias da conspiração de extrema-direita pagasse US$ 4,1 milhões em danos por suas alegações.

O veredicto ficou muito abaixo dos US$ 150 milhões ou mais que os demandantes solicitaram, mas significa uma vitória contra as fake news na era da pós-verdade. Dez dos 12 jurados assinaram o veredicto, o número mínimo necessário para uma decisão, já que o caso era civil e não criminal.

As falsidades de Jones sobre os assassinatos de Sandy Hook fazem parte de um corpo maior de desinformação e teorias pelas quais ele teve que se desculpar – incluindo sua divulgação da chamada conspiração “Pizzagate”, que alegou falsamente que uma pizzaria de Washington D.C. era a sede de uma ampla rede, envolvendo políticos de alto escalão e estrelas de Hollywood, de abuso sexual infantil. Esse mito, consumido pelos milhões de seguidores de Jones, levou um homem a disparar com um rifle de alta potência contra a pizzaria em 2016.

Fonte: Veja

1 comentário

  1. E assim vemos a democracia ruir para dar lugar a futuras ditaduras.
    Em um país democrático, livre e secular, pide-se pensar como bem convém, cabe aos outros decidir se apoiam essa opinião ou não, se acreditam ou não. Se daqui a pouco o simples ato de “negar” qualquer coisa se tornar crime, então passaremos a viver em uma ditadura (sanitária, climática, ambiental, tecnocrática e ideológica).
    O conceito de negacionismo deixou de ser apenas o verbo negar e foi estendido também ao verbo questionar, ou duvidar, tipo “se eu questiono a ciência eu sou negacionista, e pior, um extremista”.

    Negacionismo e a teoria da Conspiração não são crimes, sao direitos dentro de uma democracia sólida; crime é censurar ou perseguir os outros apenas por terem uma opiniao diferente ou questionarem certas situações. E nisso o nosso STF é expert e imbatível!

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui