Proprietária de lar de idosos é presa em operação de combate a maus-tratos em Porto Alegre

Ação vistoriou 13 locais na Capital e verificou denúncias em Santa Maria


0

A proprietária de duas instituições de longa permanência para idosos (ILPI) foi presa em flagrante, nesta terça-feira (15), data que marca o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa. Em cumprimento de mandados, durante a Operação Senectus, a Polícia Civil encontrou uma idosa amarrada, sem recomendação médica para tal, em um dos lares mantidos pela mulher presa, que foi autuada em flagrante por cárcere privado.

De acordo com a delegada responsável pela ação, Cristiane Ramos, em um segundo local, foram encontrados pacientes psiquiátricos junto com os idosos, o que é irregular. Equipes da Vigilância Sanitária e da Assistência Social foram chamados para providenciar a transferência dos moradores.

Os locais podem ser interditados. Em outras 11 casas verificadas durante a ação em Porto Alegre, os policiais não encontraram irregularidades graves. A delegada ressalta que as visitas presenciais aos lares de idosos foram restritas na pandemia, o que fez com que situações de violência aumentassem. “As famílias não estão conseguindo acessar os idosos, e quando conseguem acesso, eles já estão no hospital ou falecido, o que indica maus-tratos”, explica a delegada.

A Delegacia de Proteção a Pessoa Idosa de Capital investiga casos de maus-tratos seguidos de mortes em instituições da Capital.

Fonte: G1


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui