Proprietário de Indústria de Temperos atingida por incêndio pede ajuda para recomeçar

Sinistro ocorreu na madrugada desta quarta-feira (17), no Bairro São Bento; prejuízo está avaliado em cerca de R$ 400 mil.


0
Guilherme Mallmann é um dos proprietários da indústria que é familiar (Foto:Caroline Silva)

Um incêndio destruiu a estrutura da Indústria de Temperos São Bento no final da madrugada desta quarta-feira (17), no Bairro São Bento, em Lajeado. O sinistro que teria sido causado por um curto circuito atingiu a estrutura de aproximadamente 100 m².
Conforme um dos proprietários, Guilherme Mallmann, o prejuízo está avaliado em cerca de R$ 400 mil e agora a família pede ajuda da comunidade. “Foi um susto muito grande, ninguém espera isso, estamos unindo esforços, fizemos uma vakinha on-line para reconstruir o galpão, para termos um teto e conseguir guardar nossa produção”, explica.

Com alguns materiais recebidos de doação, ele conta que a família já iniciou alguns trabalhos de reconstrução da área. “A correria está grande. Estamos tentando atender todos os clientes e correndo atrás de veículos para fazer as entregas. Meus irmãos já estão trabalhando na reconstrução com algumas doações que ganhamos”, diz.

Rafael ressalta que qualquer ajuda é bem-vinda neste momento. “A vakinha foi uma ideia de uma prima que tem bastante contatos, e eu topei a ideia. Qualquer centavo ajuda nesta hora”, comenta.

Como ajudar

Interessados em ajudar podem entrar em contato com o Guilherme pelo telefone 51 99753 4830 ou acessando o link da vakinha on-line:
https://www.vakinha.com.br/vaquinha/verduras-sao-bento

Texto: Caroline Silva
jornalismo@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui