Prorrogado o prazo de consulta pública para o processo de concessão das rodovias estaduais

Interessados em realizar contribuições ao projeto podem preencher o “formulário de contribuições”, explica o secretário de Parcerias do Governo do RS, Leonardo Busatto


0
Secretário de Parcerias do Governo do RS, Leonardo Busatto (Foto: Divulgação)

Foi prorrogado até o fim do mês de julho o prazo para consulta pública para o processo de concessão dos 31 trechos rodoviários estaduais que, somados, totalizam 1.131 quilômetros (km) de extensão. Os interessados em realizar contribuições ao projeto deverão preencher o “formulário de contribuições”, que está disponível aqui.


ouça a entrevista


 

Seguindo o cronograma planejado, a publicação do edital de concessão deverá ocorrer em setembro e a realização do leilão, em dezembro deste ano. “Se ocorrer tudo conforme esperamos, os consórcios vencedores iniciam a administração das estradas ainda no primeiro semestre de 2022”, observa o secretário de Parcerias do Governo do RS, Leonardo Busatto em entrevista ao programa Panorama da manhã desta sexta-feira (16).

Em audiência pública realizada na última quarta-feira (13), lideranças regionais manifestam-se contra o modelo de concessão das rodovias adotado pelo Governo do RS. Para os representantes do Vale, o modelo de outorga institui tributação tripla, limita concorrência e representa perda de competitividade. Segundo Busatto, esta foi mais uma etapa de debate com a região [..] para permitir o debate do tema. “As críticas estão sendo ouvidas e, na medida do possível, serão atendidas para construir o melhor modelo”.

“Na região do Vale do Taquari, temos as rodovias que são hoje administradas pela EGR. É fato que hoje a EGR acaba cobrando a tarifa de pedágio, mas não entrega o que a região e o Estado mais precisa, que são rodovias finalizadas, bem conservadas, duplicadas, com viadutos e rotatórias. Nossa proposta é justamente sair do modelo da EGR, que não consegue entregar à população estradas adequadas, e partir para um modelo que consiga ter infraestrutura, desenvolvimento econômico e segurança”, declara Busatto. RG

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui