Próximas estações favorecem a incidência de doenças respiratórias, explica pneumologista

Polinização na primavera e ar seco no verão elevam poluentes no ar


0
Apresentador Renato Worm conversa com o médio e secretário de Saúde de Lajeado, Cláudio Klein, na Rádio do Vale (Foto: Luan dos Santos)

As doenças respiratórias são mais perceptíveis nos meses mais quentes do ano. A polinização das plantas na primavera e o ar mais seco durante o verão favorecem a elevação de poluentes no ar. O médico pneumologista e secretário de Saúde de Lajeado, Cláudio Klein, concedeu entrevista ao programa Encontro Maior da Rádio do Vale e relatou que as vias aéreas são os principais meios de contaminação do nosso organismo. Tanto o nariz quanto a boca estão mais expostos ao meio externo e suas partículas.


ouça a entrevista

 


Os meios que o corpo encontra de fazer a limpeza ou a filtragem desses poluentes são através de espirros, coriza e muco. Como as superfícies do nariz são mais irregulares do que as da boca, o ar aspirado pelo ser humano é filtrado de maneira mais eficaz. Desta forma, a respiração nasal elimina cerca de 70% das impurezas contraídas do ambiente externo.

Klein ainda alertou que é importante observar a coloração das secreções. A cor mais amarelada pode representar infecções por bactérias, que podem evoluir até mesmo para uma pneumonia. Dessa forma, é fundamental buscar a orientação médica. GL

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui