Quase dois anos depois, CIC Teutônia volta a realizar o almoço empresarial

Evento presencial com vagas limitadas ocorreu no dia 2 de setembro e contou com palestra do prefeito Celso Aloísio Forneck


0
Foto: Divulgação

Dia 10 de dezembro de 2019, essa foi a data da última edição do almoço empresarial organizado pela Câmara de Indústria e Comércio (CIC) de Teutônia. “De lá para cá, muita coisa aconteceu. O mundo mudou, as relações mudaram, a pandemia testou muitos dos nossos limites. Alguns de nós perderam muito, familiares ou amigos, empregos e negócios; outros, souberam se reinventar e até cresceram diante das adversidades”, frisou a diretora executiva Carina Schulte Bolfe na abertura do evento, seguido de salva de palmas em homenagem às vítimas da covid-19 e em celebração à vida.

O evento reuniu cerca de 100 pessoas no Auditório 3 da entidade, respeitando os protocolos de segurança para eventos presenciais. O palestrante foi o prefeito de Teutônia, Celso Aloísio Forneck, que abordou o tema “Ações do Município para o desenvolvimento do setor empresarial”.

A pauta foi construída a partir de seis estratégias macro quanto às principais necessidades de Teutônia, que constam no e-book da CIC e são amplamente debatidas nas reuniões de planejamento e encontros com a Municipalidade: empreendedorismo, pesquisa e inovação; profissionalização da mão-de-obra; combate à informalidade econômica; infraestrutura e transporte; turismo; e gestão municipal.

“Vivemos o momento mais conflituoso de nossa existência, ainda assim, crescemos em número de associados e, hoje, somos 533. Isso é mais um exemplo de que Teutônia acredita no associativismo, que todos juntos somos mais do que a soma das partes. Esse Almoço Empresarial objetiva apresentar as demandas da classe empresarial, que nos seus diversos segmentos eleva Teutônia à segunda economia do Vale do Taquari. Essas demandas resultam em projetos, e a CIC sempre será parceira dos bons projetos”, manifestou o presidente Airton Roque Kist.

Panorama

Forneck traçou um panorama do início da gestão, do trabalho até o momento e as perspectivas de futuro. “Mudou o mandato, mas não mudou o município, o empresariado e o município continuam”, disse.

Falou de atividades previstas no plano de governo e postas em prática, como a redução de CCs, que deve gerar economia de R$ 1,8 milhão em 2021. Falando em ações por área, nas Obras valorizou reparos em estradas do interior, calçamento de vias públicas, construção de pontes e calçadas e a conclusão do TeutoPark. “Nos próximos dias será realizado leilão de terrenos do entorno do parque”, adiantou.

Na saúde, ênfase às cirurgias represadas e à falta de recursos. “Pegamos o ‘chapeuzinho’ e fomos a Brasília, com visitas em 31 gabinetes. Passadas as eleições, somos do ‘Partido Teutônia’ pelo bem da comunidade”, disse, mencionando que a vice-prefeita Aline Röhrig Kohl está na capital federal para o encaminhamento de projetos. Citou também ações no combate à covid-19, valorizando a campanha de vacinação e auxílio ao Hospital Ouro Branco.

No que diz respeito à educação, referiu a fila de espera na Educação Infantil. “É algo muito preocupante”, afirmou, enumerando investimentos com o intuito de solucionar o problema, entre eles ampliações e a construção de nova Escola Municipal de Educação Infantil e Escola Municipal de Ensino Fundamental.

Quanto à indústria e comércio, valorizou a abertura de 119 empresas desde o mês de janeiro, a reativação do Barracão Industrial, a abertura de ruas no Distrito Industrial, ações de reestruturação do Turismo e formalização da Sala do Empreendedor. Ainda citou a evolução do setor primário, eventos em que a municipalidade vai ao encontro da comunidade e empresários. “Estamos olhando para a diversificação econômica, o que também depende de qualificação da mão-de-obra, o que é possível por meio de parcerias com a CIC e o Sebrae, por exemplo. Quanto ao Turismo, precisamos criar atrativos e infraestrutura para que os turistas também se interessem em conhecer mais o Vale do Taquari, aproveitar a visibilidade criada com o Cristo Protetor de Encantado, e não deixar que essas pessoas vão de lá para a Serra sem visitar o que temos aqui.”

Falando de ações projetadas, destacou a meta de alcançar orçamento de R$ 170 milhões. “A previsão para 2022 é de aproximadamente R$ 157 milhões”, concluiu.

Próxima edição

O próximo almoço empresarial será no dia 20 de outubro, às 11h45, com o tema “Segurança pública de Teutônia e a política de enfrentamento ao crime”. O palestrante será o comandante da Brigada Militar de Teutônia, capitão Fábio Cézar Bilhar.

Respeitando todos os protocolos e primando pela saúde, mais uma vez será um evento presencial com vagas limitadas. O investimento é de R$ 58,00 por participante associado à CIC e de R$ 70,00 para os demais interessados. Mais informações e inscrições pelo WhatsApp (51) 9 9538-5080. Os almoços empresariais da CIC contam com o patrocínio das cooperativas Certel, Languiru e Sicredi. AI/VM

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui