Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher realiza intervenção neste domingo, em Lajeado

Evento acontece durante a tarde, junto à Avenida Décio Martins Costa, o Valão


0
Projeto Som da Cores surgiu com a proposta de unir duas artes em uma única ação (Foto: Reprodução / Redes sociais)

Uma intervenção artística está sendo organizada pela Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher, em parceria com o projeto Som das Cores. O evento acontece no próximo domingo (5), das 15h às 18h, junto à Avenida Décio Martins Costa, o Valão, entre os bairros Centro e Hidráulica, em Lajeado. Conforme a artista Maiara Cristina, está programada a intervenção em um dos muros localizados às margens da via. A ação acontece nas proximidades do campo de futebol do Colégio Evangélico Alberto Torres (Ceat).


ouça a reportagem

 


“Vamos usar um muro que foi cedido pelo proprietário para trazermos a parte de uma música, que fala sobre o empoderamento feminino e a força da mulher. Ao mesmo tempo em que eu realizo a pintura, o Rogerinho vai estar tocando e tudo isso se une. A ideia é depois deixar esta mensagem de apoio registrada como forma de dar força para as mulheres, buscando quebrar este ciclo de violência”, relata.

Os participantes também poderão atuar como voluntários na pintura da estrutura. Junto a isso, serão recolhidas mensagens das pessoas presentes, buscando montar um varal com frases positivas para as mulheres. A programação integra ainda a campanha mundial da Organização das Nações Unidas (ONU), dos 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres. “A gente sempre une a arte com a música junto à um projeto social. Então, desta vez, nos juntamos com a Rede de Enfrentamento para passar essa mensagem de empoderamento feminino e as questões relacionada à violência contra a mulher”, afirma Maiara.

Artista também já realizou outra intervenção no município, relacionada ao Outubro Rosa (Foto: Reprodução/Redes sociais)

A artista também já realizou outra intervenção no município relacionada ao Outubro Rosa. Segundo ela, o projeto Som das Cores surgiu justamente com a proposta de unir duas artes em uma única ação. “A nossa ideia é sempre esta, como já diz o nome. A gente dá som às cores e cores ao som. Então tentamos trazer mensagens positivas dentro do tema que será trabalhado, fazendo a interação destas duas artes”, explica.

Na ocasião, ainda serão arrecadados alimentos não perecíveis para a Casa de Passagem. Em caso de chuva, a ação será transferida para o domingo seguinte, dia 12.

Arte: Divulgação

Texto: Artur Dullius
reporter@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui