Redução salarial é menor do que a proposta inicial de vereadores em Estrela

Darlã Bellini afirma que intenção era diminuir 30% dos proventos de agentes políticos, mas discordância de parlamentares limitou redução em 20%.


0
Foto: Reprodução / Arquivo Rádio do Vale

Deram entrada nesta segunda-feira (6) no Poder Legislativo de Estrela os projetos que fixam os salários dos agentes políticos a partir de 2021 no município. A proposta da Mesa Diretora prevê a redução de 20% dos rendimentos. Pela matéria, o Prefeito passaria a ganhar R$ 20.508, cerca de R$ 4 mil a menos do que recebe atualmente. Vice-prefeito teria o provento de R$ 10.254 e os secretários municipais de R$ 9.725.


OUÇA A ENTREVISTA


Os vereadores teriam diminuição dos salários de R$ 7.056 para R$ 5.647. Darlã Bellini, do PSD, concedeu entrevista ao Programa Realidade da Rádio do Vale e relatou que a ideia inicial de parte dos vereadores era reduzir em 30% os vencimentos. No entanto, explicou que alguns parlamentares eram contra a proposta. Desta forma, após negociações se chegou a um acordo na faixa de 20%.

Os vereadores que não assinaram o primeiro requerimento de redução salarial foram Élio Kunzler, Ernani de Castro, Felipe Schossler, Nélson Tillwitz, Gilberto Fensterseifer e Tiago Lehnen. Alguns deles na época eram suplentes e já não estão mais no Legislativo devido ao retorno dos titulares que ocupavam Secretarias Municipais naquele período.

O projeto foi baixado nas comissões internas e poderá ser votado na próxima semana. GL

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui