Reforma no Centro Administrativo é concluída em Taquari

Atendimento ao público será retomado na próxima segunda-feira (25).


0
Servidores da educação também ocupam novo prédio (Foto: Divulgação / Prefeitura de Taquari)

Depois de mais de 30 anos, a administração de Taquari começa a ocupar os andares do prédio da Prefeitura. Nesta semana, após a conclusão dos 1°, 2°, 3° e 4° andares, os servidores já estão instalados em seus respectivos setores.

No 1° andar estão a Saúde, Contratos, Licitação, Meio Ambiente e Vigilância Sanitária. No 2° andar estão o Jurídico, Educação, Procon, Sala do Empreendedor, Informática e Compras. No 3° andar estão Gabinete do Prefeito e Vice-Prefeito, Imprensa, Cultura, Planejamento, Administração e Recursos Humanos. No 4° andar estão o auditório e sala de reunião. Agora, será feita a reforma no andar térreo do imóvel.

A construção do Centro Administrativo iniciou pelo prefeito Celso Martins, em 1989. Para o prefeito Emanuel Hassen de Jesus ‘Maneco’ (PT), essa é uma grande conquista da gestão. “É uma vitória vermos o prédio concluído. Um sonho do ex-prefeito Celso Martins, que levou mais de 30 anos para ser finalizado. Agora, todos os setores estarão concentrados no Centro Administrativo, sendo mais fácil o acesso para população”, afirmou.

Prefeitura retorna atendimento ao público

Em conformidade com as orientações de higienização, distanciamento e prevenção ao coronavírus, a Prefeitura de Taquari retornará com o atendimento ao público na próxima segunda-feira (25), já nos andares que estão concluídos e ocupados pelos setores administrativos da gestão municipal.

Entre as medidas que serão adotadas, estão a restrição do acesso ao público, a medição de temperatura e a sinalização na recepção, para manter o distanciamento. De acordo com determinação do governo do Estado, a utilização de máscara de proteção será obrigatória.

“Estamos retornando com o atendimento ao público e adotando todas as medidas de segurança, com restrição de acesso. Seguiremos estritamente as determinações de distanciamento social, conforme a classificação que estamos no momento”, afirmou o Maneco. AI/NR

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui