Região de Lajeado tem segunda melhor nota na 19ª rodada do Distanciamento Controlado

Macrorregião dos Vales apresenta os resultados mais positivos do mapa preliminar do governo do Estado, divulgado nesta sexta-feira (11).


0
Foto: Reprodução

A região de Lajeado, composta de 37 municípios do Vale do Taquari, teve a segunda melhor nota na 19ª rodada do Distanciamento Controlado do Rio Grande do Sul. O mapa preliminar, divulgado pelo governo do Estado na tarde desta sexta-feira (11), informa que a média ponderada ficou em 0,88, confirmando mais uma semana de bandeira laranja. Para ingressar na vermelha é necessário ter nota a partir de 1,50.

Na primeira colocação aparece a região de Cachoeira do Sul, com 0,63. Já em terceiro está Santa Cruz do Sul, com a mesma média de Lajeado: 0,88. As três regiões, de Cachoeira do Sul, Lajeado e Santa Cruz do Sul, formam a macrorregião dos Vales – a melhor classificada na atual rodada do Distanciamento Controlado.

A região que teve a pior nota foi a de Passo Fundo, com 1,99, seguida de Erechim, 1,96, e Caxias do Sul, que somou 1,79. As três receberam bandeira vermelha no mapa preliminar do programa estadual. Elas podem recorrer e tentar a laranja. Os recursos devem ser encaminhados até a manhã do próximo domingo (13). O programa do Distanciamento tem 21 regiões e sete macrorregiões definidas pelo governo gaúcho.

Nos últimos sete dias, de acordo com o Estado, a região de Lajeado teve 22 hospitalizações confirmadas para Covid-19. Na semana anterior foram 28. Quatorze pacientes estiveram internados em leitos clínicos de Covid no último dia de referência, sendo que na 18ª rodada foram 18. De 4 a 10 de setembro são contabilizados sete óbitos e 268 casos ativos da doença para o Vale do Taquari. Ao todo, foram informados 548 pacientes, contudo, o Distanciamento conta apenas aqueles que tem a doença ativa em seu corpo, além de ter o resultado via teste PCR.

O número de leitos disponíveis foi de 21, contra 24 da semana passada. Este foi o critério questionado pela região, no último sábado (5), para tentar deixar a bandeira vermelha. O governo aceitou as explicações e mudou o Vale de vermelha para laranja.

Texto: Natalia Ribeiro
jornalismo@independente

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui