Região volta a ultrapassar a marca de 600 casos ativos de covid-19

Desde a quinta-feira da semana passada, Vale do Taquari registrou duas mortes e 455 novos casos


0
Foto: Reprodução / Shutterstock

O Vale do Taquari teve duas mortes, em Encantado e Colinas, e 455 novos casos de covid-19 desde a última quinta-feira (26). De acordo com acompanhamento feito pela Rádio Independente junto aos 36 municípios da região, o Vale possui 609 casos ativos da doença. Isso representa um aumento de 15,3% frente aos 528 registrados na última semana.
As cidades com mais casos são Lajeado, com 202, Taquari, 116 e Encantado, 68. Conforme o Estado, a região chegou a um total de 74.545 casos registrados de coronavírus. Destes, 72.959 são considerados recuperados (97,9%). A taxa de letalidade é de 1,3%, com 981 óbitos reconhecidos pelo Estado.

Leitos de UTI no Vale

O Vale do Taquari possui 47 leitos de UTI e 34 pacientes (72,4%) estavam internados às 15h desta quinta. Eram 31 pessoas em leitos de UTI geral (91,2%), ou seja, sem relação com a covid, um com suspeita de coronavírus (2,9%) e dois com a confirmação da doença (5,9%).

O Hospital Bruno Born, de Lajeado, tem 22 leitos de UTI, e 20 pacientes (90,9%) estavam internados, todos sem relação com a covid-19 (100%).

O Hospital Estrela, em Estrela, dispõe de 10 leitos de UTI, sendo que nove estavam ocupados (90%). Seis sem relação com a doença (66,7%), um com a suspeita (11,1%) e dois com a confirmação da doença (22,2%).

O Hospital de Caridade São José, de Taquari, tem 10 leitos de UTI, sendo que nenhum estava ocupado (100%).

Já o Hospital Beneficente Santa Terezinha, de Encantado, tem cinco leitos de UTI, sendo que todos estava ocupado, sem a confirmação de covid (100%).

Vacinação

Conforme consta no “Vacinômetro”, ferramenta disponibilizada pela Secretaria da Saúde do Estado Rio Grande do Sul, o Vale do Taquari tinha 315.663 pessoas vacinadas contra o coronavírus. Como a população da região é de 368.453 mil habitantes, calcula-se que cerca de 85,6% dos moradores já receberam ao menos uma dose do imunizante.

Destes, 305.025 receberam a primeira dose (82,8%), 280.062 já tiveram a segunda dose aplicada, ou seja, 76% dos habitantes da região, 10.638 receberam uma dose única (2,9%), totalizando 290.700 pessoas com o ciclo vacinal completo (78,9%).

Texto: Vinicius Mallmann
regional@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui