Reino Unido pode ter primeiro-ministro de origem estrangeira

Dos oito candidatos à liderança conservadora, quatro são britânicos de ascendência estrangeira e um nasceu fora do Reino Unido


0
Foto: Freepik

Oito candidatos vão disputar a partir desta quarta-feira (13) o cargo de líder dos conservadores e, por consequência, a chefia do governo britânico após a renúncia do primeiro-ministro Boris Johnson na semana passada. Destes, cinco têm ascendência estrangeira, e a maioria votou a favor do Brexit, a saída do Reino Unido da União Europeia, cuja campanha para o plebiscito de 2016 teve como uma das principais pautas o endurecimento da política de imigração no país.

São eles: Rishi Sunak e Suella Braverman, de ascendência indiana; Tom Tugendhat; de ascendência francesa; Nadhim Zahawi, curdo iraquiano; e Kemi Badenoch, de ascendência nigeriana. Além deles, também disputam o cargo Jeremy Hunt, Penny Mordaunt e Liz Truss.

Apesar de não haver um favorito claro, as casas de apostas indicam Sunak e Mordaunt como os dois principais candidatos, seguidos por Truss. Após campanha durante o verão (no Hemisfério Norte), o novo premier britânico será anunciado em 5 de setembro.

Fonte: IG

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui