Relatório da Secretaria da Saúde mostra que nenhum gaúcho ficou sem leito durante a pandemia

Confira as informações do programa Correspondente Independente das 18h.


0

Acompanhada de diretores, a secretária da Saúde, Arita Bergmann, apresentou à Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira (7/10), em audiência pública por videoconferência, o relatório de ações e prestação de contas do 2º quadrimestre de 2020. O foco da Secretaria da Saúde (SES) durante este período foi intensificar o enfrentamento à epidemia da Covid-19 a fim de proteger a saúde da população.
Depois da apresentação do relatório pelo diretor da Assessoria Técnica de Planejamento (Assteplan), Cristian Guimarães, a secretária Arita descreveu o documento como uma síntese objetiva de material mais extenso que marcava o período mais crítico da pandemia, de maio a agosto, quando, apesar da alta demanda, nenhum cidadão ficou sem leito por falta de vaga. A secretária informou que houve até uma folga de leitos, pois o Estado ampliou as vagas de UTI de 933 para 1.882 leitos, um aumento de 102%. Fonte: Governo do RS

Rio Grande do Sul ultrapassa cinco mil mortes por Covid-19

O Rio Grande do Sul registra nesta quarta-feira (7), 2.372 novos casos de Covid-19 e chega a um total de 207.706. O número estimado de recuperados é de 193.537 (93% dos casos); em acompanhamento, 9.105 (4%); e 5.035 óbitos no total, sendo que 46 deles foram divulgados nesta quarta-feira pela Secretaria Estadual da Saúde. Vale do Taquari tem 76 novos casos de Covid-19 confirmados nesta quarta-feira

Duas cientistas vencem Nobel de Química por pesquisa com genoma

As cientistas Emmanuelle Charpentier e Jennifer Doudna venceram o Prêmio Nobel de Química de 2020 pelo desenvolvimento de um método de edição de genoma. O prêmio será de 10 milhões de coroas suecas, o equivalente a US$ 1,1 milhão. Mantendo a tradição, o prêmio de Química é o terceiro Nobel anunciado todos os anos, após os de Medicina e de Física. Fonte: Agência Brasil

Mamografias poderão ser realizadas sem custos pelo IPE Saúde em outubro

A edição de 2020 do Outubro Rosa ganha uma ação especial em prol da saúde: seguradas do IPE Saúde terão isenção na coparticipação do exame preventivo de mamografia em qualquer clínica de imagem credenciada no período de 15 a 31 de outubro. A campanha é destinada a pessoas com idade entre 40 e 75 anos. Segundo estimativas do Instituto Nacional do Câncer, no Rio Grande do Sul, 5.210 novos casos da doença devem ser registrados até o fim deste ano. Fonte: Governo RS

Pantanal teve 14% do bioma queimado apenas em setembro e área devastada já é recorde histórico, diz Inpe

Quatorze por cento da área do Pantanal foi queimada apenas em setembro deste ano, de acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). O número já supera a área de todo o ano passado e é a maior devastação anual do território causada pelo fogo desde o início das medições, em 2002, pelo governo federal. A área atingida no ano chega a quase 33 mil km², que equivale à soma do território do Distrito Federal e de Alagoas. Fonte: G1

UTI do Hospital Santa Terezinha de Encantado deve funcionar em novo prédio a partir da próxima semana

A Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) deve passar a funcionar no novo prédio do Hospital Beneficente Santa Terezinha, de Encantado nos próximos dias. A unidade será transferida para o segundo andar. O local amplo e moderno proporcionará aos pacientes mais comodidade e segurança com uma área distinta, separadas por paredes, para cada UTI. Atualmente o município conta com cinco leitos de UTI Covid-19 adulto. Está em processo a habilitação dos leitos de UTI geral adulto definitivos para o hospital junto ao Ministério da Saúde. O Pronto Atendimento (PA) Covid-19 que atualmente está em uma ala com entrada pela Rua Duque de Caxias, passará a ser feito junto ao Pronto Socorro neste dia 9 de outubro. A mudança se dá devido à queda na procura desse tipo de atendimento, seguindo todos os protocolos de saúde. AI/RC

Produção de veículos cresce 4,4% em setembro, revela a Anfavea

Em setembro, a produção de veículos aumentou 4,4% ante agosto, totalizando 220.162 unidades. Segundo a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), embora tenha havido melhora no índice, o nível ficou 11% abaixo do registrado em setembro de 2019. O acumulado do ano também apresentou saldo negativo (41,1%), influenciado pelas flutuações econômicas geradas pela pandemia de covid-19.Fonte: Agência Brasil

Inadimplência segue em queda no comércio de Lajeado

Passados seis meses do registro de um dos maiores índices de inadimplência no município, o comércio de Lajeado segue contabilizando queda no percentual de devedores. Depois de atingir o pico de 26,6% em abril, os números começaram a cair e nesta segunda-feira (05) alcançaram a casa dos 23,5%, marca que desde março de 2019 não era observada. De acordo com os dados obtidos pela CDL Lajeado, esse percentual aponta que dos 64.003 CPF’s ativos na cidade, 15.059 possuem algum restritivo junto ao SCPC. Essa redução do índice também ocorre no Estado. Quanto ao perfil dos inadimplentes, houve alteração na faixa etária dos lajeadenses, que agora passam a ser maioria entre 35 e 39 anos (16%), mas continuam sendo homens (51,7%) que recebem entre um e dois salários (55,2%). AI/RC

Governador Eduardo Leite sanciona decreto que regulamenta o Pró-Esporte RS

O Pró-Esporte RS (Programa de Incentivo ao Esporte do Estado do Rio Grande do Sul) passou a ter um novo decreto que regulamenta as alterações previstas na Lei 15.449/2020, que institui o Sisaipe/RS (Sistema Estadual de Apoio e Incentivo a Políticas Estratégicas do Estado do RS). O decreto foi assinado nesta quarta-feira (07) pelo governador Eduardo Leite. Fonte: O Sul

Supremo decide voltar a julgar no plenário ações penais e inquéritos

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu por unanimidade nesta quarta-feira (7) que ações penais e inquéritos voltarão a ser analisados no plenário, por todos os 11 ministros. Desde 2014, eram atribuição das duas turmas, compostas por cinco membros cada uma. A proposta foi discutida em sessão administrativa da Corte. O presidente do STF, ministro Luiz Fux, argumentou que hoje “a situação é diferente” porque, segundo ele, o plenário já não está mais congestionado de processos. Fonte: G1

Produção e apresentação: Rita de Cássia


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui