Renato vê Grêmio melhor no jogo, mas lamenta falta de “tranquilidade” ofensiva

Treinador afirmou que seu time está na briga pelo título.


0
Foto: Lucas Uebel / Divulgação

Após o Grêmio ficar no 0 a 0 com o Vasco, neste domingo, no Rio de Janeiro, e empatar a quarta seguida pelo Brasileirão, o técnico Renato Portaluppi elogiou sua equipe, que segundo ele, controlou a partida, mas voltou a lamentar a falta de “tranquilidade” de seus jogadores na hora de finalizar e definir os lances.

“Faltou um pouco mais de tranquilidade no último passe, na conclusão, mas fico feliz pois estamos criando as oportunidades. Não é nada fácil enfrentar o Vasco aqui e jogamos de igual para igual. Aliás, na minha opinião, estivemos melhores (…) fizemos uma boa partida. Fiquei satisfeito. É o quarto empate, mas não tem problema. A tabela do começo de campeonato não foi tão boa para o Grêmio”, ressaltou o técnico em entrevista coletiva. Para o treinador, não há “nenhum bicho-papão” no campeonato e o Tricolor está na briga pelo título.

Embora não perca há quinze jogos, o Grêmio está a quatro partidas sem vencer e vem apresentando dificuldades na criação ofensiva. Mesmo tendo o controle da bola, o Tricolor não reproduz o domínio em chances claras e nos cinco jogos do Brasileirão até aqui, foram só três gols marcados. “Os poucos gols não me preocupam não. O Grêmio cria bastante, joga pra ganhar. Você vai ver o scout de todos os jogos, e temos mais chances contra todos os adversários”, afirmou Renato.

Neste domingo, o técnico tricolor voltou a retirar Jean Pyerre e colocar Thiago Neves, no segundo tempo, e a troca novamente não surtiu efeito. Segundo ele, a decisão, que vem sendo recorrente, se dá pelos cuidados que vem tendo com garoto gremista, que passa por problemas pessoais, e pela qualidade do plantel tricolor. “Quanto ao Jean Pyerre, estamos tomando todo cuidado com ele, ele ficou um tempo sem treinar e tomamos cuidado para que ele não sofra nenhum tipo de lesão. O Grêmio tem um plantel rico em todos os sentidos, temos que rodar os jogadores”, apontou.

Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui