Repraas alerta para o crescimento no número de animais atropelados em Teutônia

Entidades do município enfrearam dificuldades devido aos custos dos cuidados clínicos e do profissional veterinário


0
Bertha Barbosa, Letícia Abreu Gomes e Vladimir da Silva (Foto: Caroline Silva)

O presidente da  Rede de Proteção Ambiental e Animal (Repraas) de Teutônia, Vladimir da Silva, chama atenção da administração municipal e dos munícipes para a alta demanda nos atendimentos a atropelamento e abandono de animais. “As entidades do município estão sufocadas”, ressalta Silva.

Além disso, segundo ele, as entidades têm dificuldade devido aos custos dos cuidados clínicos e do profissional veterinário. 

“As três entidades de Teutônia fazem um trabalho à parte, que também é público e não só privado”, comenta o presidente da Repraas. 

Letícia Abreu Gomes, integrante do grupo “Patas Solidárias”, pede mais responsabilidade por parte dos dos tutores. “É preciso garantir que o animal tenha condições e também a proteção de um cercado”, comenta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui