Resultado de análise descarta óbito por dengue de morador de Encantado

Na noite do dia 10 de maio, a prefeitura divulgou que a morte havia sido por decorrência da doença


0
Foto: Paulo H. Carvalho / Agência Brasília / Ilustrativa

Foi divulgado na manhã desta segunda-feira (20), pelo Centro Estadual de Vigilância em Saúde do Rio Grande do Sul (Cevs), o resultado da análise do óbito de um homem de 77 anos, morador de Encantado, que ocorreu no começo do mês de maio. A investigação descartou para dengue a morte, e em nota, a Cevs declarou que o óbito foi por “outras causas”.

Na noite do dia 10 de maio, a Prefeitura de Encantado divulgou que a morte havia sido por decorrência da dengue. Porém, no dia seguinte, a agente endêmica do município, Michele Zandonoto do Nascimento, declarou à Rádio Independente que a morte ainda seria reavaliada, não confirmado pela doença momentaneamente.

Com a negativa, o Vale continua possuindo cinco óbitos confirmados de dengue pelo Estado. Tratam-se de quatro moradores de Lajeado — um jovem de 13 anos e três idosas, uma de 72, outra de 67 anos e uma de 65 anos— e um homem de 79 anos, morador de Putinga.

Texto: Vinicius Mallmann
regional@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui