Rio Grande do Sul deve ter safra recorde de trigo no inverno

Na comparação com 2021, aumento será de 11,9%


0
Foto: Pexels / Divulgação

A Safra Inverno deste ano deve ser a maior da história do Rio Grande do Sul. Segundo os números iniciais apresentados pela Emater/RS-Ascar – vinculada à Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) – na manhã desta terça-feira (7), a perspectiva é de uma produção total de 5 milhões de toneladas de grãos: 3,9 milhões de toneladas de trigo, 870,2 mil toneladas de aveia branca, 108,6 mil toneladas de cevada e 91,3 mil toneladas de canola. Na comparação com 2021, aumento será de 11,9%. O diretor-técnico da Emater, Alencar Rugeri, observa que, apesar de o trigo ter a maior safra desde 2011, com um aumento estimado de 12,53%, a produtividade média deve ficar 2,17% menor em relação à anterior. A segunda maior safra do trigo foi a anterior, em 2021, com produção de 3,5 milhões toneladas, e a terceira maior em 2013, com 3,3 milhões de toneladas. Fonte: Correio do Povo

Com avanço da covid, STF restringe presença de público no prédio

Com o avanço dos casos positivos de Covid-19 no Distrito Federal, o Supremo Tribunal Federal (STF) anunciou a restrição da presença de público no prédio da Corte. As medidas estavam em vigor, mas vinham sendo flexibilizadas com a redução dos casos. No entanto, as restrições de circulação voltaram a ser aplicadas na segunda-feira. Em nota, o STF informou que restringiu o acesso às dependências do restaurante do STF pelo público externo, assim como visitações públicas e a permanência de público externo nas dependências da Biblioteca e do Museu. Fonte: Correio do Povo

Acidente deixa três mortos e um ferido na RS-122, em Flores da Cunha

Três pessoas morreram e uma quarta ficou ferida em um acidente de trânsito ocorrido no começo da manhã desta terça-feira no km 96 da ERS 122, em Flores da Cunha, próximo do trevo de acesso à Nova Pádua, na Serra. No trecho da rodovia ocorreu a colisão frontal entre uma caminhonete Volkswagen Saveiro e um Chevrolet Celta. A ocorrência mobilizou o Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e o 5º Batalhão de Bombeiros Militar (5º BBM), além do Instituto-Geral de Perícias (IGP). O tráfego foi bloqueado em ambos os sentidos no local, sendo desviado. Duas vítimas fatais estavam na Saveiro, que caiu em barranco ao lado da estrada, enquanto a terceira estava no Celta, que ficou na pista. O sobrevivente ferido foi socorrido e hospitalizado. Fonte: Correio do Povo

Redução de tributos sobre combustíveis será aprovada, dizem Lira e Pacheco a Bolsonaro

Os presidentes da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), disseram ao presidente Jair Bolsonaro que projetos que podem reduzir tributos sobre combustíveis, energia elétrica e telecomunicações devem ser aprovados no Congresso Nacional. A avaliação é que esses projetos podem levar à queda no preço do óleo diesel, da gasolina e do gás de cozinha ainda no mês de junho. Lira e Pacheco disseram a Bolsonaro que o clima no Congresso é favorável às propostas e que os governadores terão de ceder e propor algumas alternativas para reduzir em parte a perda de receita com a queda na alíquota do ICMS sobre combustíveis. Fonte: G1

MEC altera normas de certificação de escolas cívico-militares no país

O Ministério da Educação (MEC) alterou a norma que regulamenta a certificação das escolas cívico-militares que adotam o modelo do Programa Nacional. A portaria foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira. Segundo a determinação, o modelo, que conta com a participação de militares, visa oportunizar ações destinadas ao desenvolvimento de comportamentos, valores, atitudes e civismo, intentando a formação plena do aluno e seu preparo à cidadania.Com as alterações, as escolas começam a passar por novo processo de certificação, que se dará por intermédio da aplicação do modelo de gestão, considerando os objetivos e iniciativas estratégicas propostas nas Diretrizes das Escolas Cívico-Militares.

Produção e apresentação: Caroline Silva
Próxima edição: hoje, às 18h

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui