Rio Grande do Sul registra queda no número de novos casos de aids

Estudo da DEE faz um panorama das metas fixadas pela ONU para garantir melhor saúde e bem-estar da população


0
Foto: Divulgação / DEE

Entre 2007 e 2018, o Rio Grande do Sul consolidou uma tendência acentuada de queda no número de novos casos de aids. Em 2018, foram 3.083 notificações no Estado, sendo 1.845 homens e 1.238 mulheres. Em 2007, primeiro ano analisado, foram 5.077 novos casos. Apesar da queda, o Estado ainda mantém a taxa de detecção de casos de aids acima da média nacional.

Enquanto no Brasil a taxa, em 2019, foi de 17,8 casos por 100 mil habitantes, no RS o número chegou a 27,2 novos casos para cada 100 mil pessoas. O indicador segue elevado, mas também em tendência de queda quando comparado com 2008, ano em que a taxa era de 45,8 novos casos a cada 100 mil habitantes. A taxa de mortalidade por aids no RS segue superior a do país, de 10 óbitos por 100 mil habitantes em 2018 ante 5,3 óbitos no Brasil.

Os números sobre a epidemia estão no estudo produzido pelo Departamento de Economia e Estatística, vinculado à Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão (DEE/SPGG), divulgado nesta terça-feira (8/12), que faz um panorama sobre as metas fixadas pela Organização das Nações Unidas (ONU) para garantir melhor saúde e bem-estar da população. O chamado Objetivo do Desenvolvimento Sustentável (ODS) 3 – Saúde e Bem-Estar – tem nove metas a serem alcançadas até 2030, que servem como base para analisar a evolução dos resultados.

Fonte: Governo RS

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui