Rio Grande do Sul tem cinco linhagens predominantes do coronavírus, e duas causam preocupação

Variantes P1 e P2 circulam mais rápido e geram novas mutações com mais agilidade


0

O Rio Grande do Sul tem atualmente cinco linhagens do coronavírus que são predominantes: B.1.1.28, P2, B.1.1.33, P1 e B.1.1.61. No total, foram identificadas 20, segundo o 4º Boletim Genômico elaborado pelo governo do Estado. No entanto, são essas cinco variantes que são as mais frequentes em solo gaúcho.

De acordo com a diretora do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs), Cynthia Goulart, as linhagens que mais preocupam são as que circulam de maneira mais rápida: P1 e P2. “As variantes vão dominando porque são mais rápidas. Se circulam mais rápido, também começam a gerar novas mutações mais rapidamente.

O que nos preocupa atualmente é a P1, mas, categoricamente, neste momento do RS, a predominância nestes vírus que estão aqui não tem nenhuma relação com os pacientes que vieram do Norte do país para ser atendidos solidariamente no RS”, explicou Cynthia durante a primeira edição do Papo Científico, promovido nesta terça-feira pelo governo estadual.

Fonte: Correio do Povo

 


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui