Rodoviária de Porto Alegre retoma viagens interestaduais após 40 dias de suspensão por causa das enchentes

Estão disponíveis cerca de 30 horários para Santarém, Foz do Iguaçu, Jaraguá do Sul, Florianópolis, Criciúma, Curitiba, Campinas, São Paulo, Rio de Janeiro, Goiânia, Brasília e Posadas, na Argentina


0
Foto: Divulgação

A Rodoviária de Porto Alegre retomou as viagens interestaduais nesta quinta-feira (13) após suspensão que durou 41 dias porque a estação fechou ao inundar durante as enchentes que assolaram o Rio Grande do Sul. As primeiras viagens são com destino a Criciúma e Florianópolis, em Santa Catarina. As viagens intermunicipais foram retomadas em 7 de junho.

A retomada é parcial. Estão disponíveis cerca de 30 horários para Santarém, Foz do Iguaçu, Jaraguá do Sul, Florianópolis, Criciúma, Curitiba, Campinas, São Paulo, Rio de Janeiro, Goiânia, Brasília e Posadas, na Argentina.

Conforme o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), os embarques interestaduais ocorrerão somente até as 21h. Após esse horário, as viagens continuam partindo de Osório. Como a rodoviária ainda não está operando com 100% de sua capacidade, o funcionamento dela é de 6h às 21h.

De acordo com estudos de viabilidade das empresas responsáveis pelas viagens, o número de horários deve ser ampliado e a quantidade de rotas deve ser aumentada gradativamente. Para verificar a disponibilidade e fazer a compra de bilhetes, os passageiros devem acessar os sites das empresas.

Acesso

O acesso à rodoviária ocorre pela entrada do pórtico dos táxis, no Largo Vespasiano Júlio Veppo, no Centro de Porto Alegre. Os demais acessos seguirão fechados por questão de segurança, conforme o governo estadual. As operações de embarque e desembarque serão feitas pelos 18 boxes da área de desembarque intermunicipal (do boxe 55 ao 72). Como o fornecimento de energia elétrica ainda não foi totalmente restabelecido, as lojas seguem fechadas no terminal. As passagens também poderão ser compradas pelo site da rodoviária.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui