Rodoviárias registram grande procura por viagens no feriadão de Finados

Em Lajeado, foi o período de maior compra de passagens desde o começo da pandemia.


0
Rafael Rodrigues da Silva irá viajar para Cachoeira do Sul (Foto: Caroline Silva)

A Estação Rodoviária de Lajeado registrou aumento da procura de passagens para o feriadão de Finados, entre sexta-feira (30) e segunda-feira (2). No começo da tarde desta sexta a circulação de pessoas já era grande, com maior movimento previsto para depois das 17h. Conforme a gerente da Rodoviária de Lajeado, Gabriela Noll, este feriado é o de maior procura por viagens se comparado com outros períodos de 2020, mas ainda está abaixo de 30% do ano passado. “Em abril e maio, tivemos queda de 80% do nosso movimento, e em junho começou melhorar, mas neste feriado esperamos superar as expectativas”, destaca.

Gerente da Rodoviária de Lajeado, Gabriela Noll (Foto: Caroline Silva)

Os destinos mais procurados em Lajeado são Porto Alegre, Cachoeira do Sul, Três Passos, Santa Maria, Crissiumal e Florianópolis. “Temos uma linha diária de segunda a sexta para o litoral de Santa Catarina, e para quem preferir o litoral gaúcho deve optar por um ônibus até Porto Alegre”, avisa Gabriela. Conforme ela, a partir do dia 20 de dezembro a rodoviária irá oferecer destinos para Capão da Canoa.

Em Encantado, os destinos mais procurados neste feriadão são Capão da Canoa, Balneário Camboriú, e Porto Alegre, e deve haver negociação entre a rodoviária e as empresas de ônibus para a compra de mais poltronas. Já em Estrela os lugares de maior procura são Florianópolis, Porto Alegre, Itajaí, Itapema, Blumenau e Três Passos.

Feriadão registra maior movimento desde o começo da pandemia (Foto: Caroline Silva)

Pé na estrada

O operador de máquina de calçados, Rafael Rodrigues da Silva, é natural de Cachoeira do Sul e mora há quatro anos em Lajeado. Ele e a esposa aproveitarão os dias de feriadão para visitar a família. “Sempre quando tem um feriado nós vamos para Cachoeira do Sul. A gente comprou as passagens antecipadas para não chegar com pressa hoje”, conta. Ele diz que tem preferência por viagens em coletivos. “É mais seguro e não ficamos preocupados com o trânsito”, destaca Rafael.

Texto: Caroline Silva
jornalismo@independente.com.br

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui