RS registra 38 óbitos e 1.843 novos casos de covid nesta quarta-feira

Até às 16h desta quarta-feira (11), 60,7% dos leitos de UTI do estado estavam ocupados


0
Foto: Reprodução / Shutterstock

O Rio Grande do Sul registra nesta quarta-feira (11), 38 óbitos e 1.843 novos casos de covid. Agora, o Estado chega a um total de 1.385.669 casos confirmados. Desses, 1.342.891 são considerados recuperados (96,9%); Em acompanhamento 9.014 casos ativos (0,65%); e 33.669 morreram em decorrência do coronavírus (2,4%).

Leitos

Às 16h desta quarta-feira (11), 60,7% dos leitos de UTI do estado estavam ocupados. Eram 2.061 pacientes para 3.390 leitos disponíveis.

Vacinação

Rio Grande do Sul já tem 6.618.198 de pessoas vacinadas com a primeira dose da vacina contra a covid-19, o que representa 57,9% dos 11.422.973 habitantes gaúchos. Desses, 3.029.682 (26,5%) já receberam a segunda dose; e 293.365 receberam dose única (2,5%).

Brasil

Conforme informações do site G1, o Brasil registrou 1.183 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando nesta terça-feira (10) 564.890 óbitos desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias chegou a 899. São agora 11 dias seguidos com essa média abaixo de 1 mil.

Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de -17% e aponta tendência de queda. Correção: O G1 errou ao divulgar com o consórcio, no sábado (7), que o estado do Ceará havia chegado ao total de 23.962 mortes decorrentes do coronavírus. O número correto era 23.692, que permaneceu sem alteração no domingo. O erro teve impacto nos dados do estado e do país divulgados nos dois dias: sábado e domingo.

As correções foram feitas retroativamente nos dois boletins às 19h45 desta terça.) Os números estão no novo levantamento do consórcio de veículos de imprensa sobre a situação da pandemia de coronavírus no Brasil, consolidados às 20h desta terça. O balanço é feito a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde.

Texto: Rita de Cássia
redacao@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui