RS registra novo recorde com 101 óbitos por Covid-19 nesta terça-feira

O número estimado de recuperados é de 388.409 (93% dos casos).


0
Foto: Reprodução / Shutterstock

O Rio Grande do Sul registra nesta terça-feira (22), um novo recorde em número de óbitos com 101 divulgados pela Secretaria Estadual da Saúde. O Estado também informa 6.381 novos casos de Covid-19 e chega a um total de 416.000. O número estimado de recuperados é de 388.409 (93% dos casos); em acompanhamento, 19.309 (5%); e 8.260 óbitos no total.

Os óbitos mais recentes são:

Alegria (homem, 69 anos)
Alvorada (mulher, 75 anos)
Alvorada (homem, 90 anos)
Arroio dos Ratos (homem, 69 anos)
Bento Gonçalves (homem, 71 anos)
Bento Gonçalves (homem, 79 anos
Boa Vista do Incra (mulher, 72 anos)
Bom Princípio (mulher, 84 anos)
Cachoeira do Sul (homem, 82 anos)
Cachoeirinha (mulher, 31 anos)
Campo Bom (mulher, 79 anos)
Campo Bom (homem, 35 anos)
Canoas (mulher, 68 anos)
Capão da Canoa (mulher, 49 anos)
Capão da Canoa (homem, 88 anos)
Caraá (mulher, 62 anos)
Caraá (homem, 56 anos)
Carlos Barbosa (mulher, 72 anos)
Carlos Barbosa (mulher, 75 anos)
Caxias do Sul (mulher, 74 anos)
Cerro Grande (mulher, 68 anos)
Chapada (mulher, 79 anos)
Cidreira (homem, 47 anos)
Coxilha (homem, 86 anos)
Cruz Alta (mulher, 61 anos)
David Canabarro (homem, 71 anos)
Dois Irmãos (homem, 50 anos)
Encantado (mulher, 91 anos)
Entre Rios do Sul (homem, 84 anos)
Erechim (mulher, 69 anos)
Flores da Cunha (mulher, 82 anos)
Garibaldi (mulher, 71 anos)
Gravataí (mulher, 70 anos)
Gravataí (homem, 55 anos)
Guaíba (mulher, 66 anos)
Ijuí (mulher, 34 anos)
Ijuí (homem, 60 anos)
Jaguarão (homem, 69 anos)
Jaquirana (homem, 74 anos)
Maximiliano de Almeida (homem, 87 anos)
Montenegro (mulher, 89 anos)
Nova Bassano (homem, 88 anos)
Nova Santa Rita (homem, 76 anos)
Nova Santa Rita (homem, 33 anos)
Palmeira das Missões (mulher, 69 anos)
Passo Fundo (homem, 59 anos)
Passo Fundo (homem, 84 anos)
Pelotas (mulher, 55 anos)
Pelotas (homem, 59 anos)
Pelotas (homem, 73 anos)
Pelotas (mulher, 79 anos)
Pelotas (homem, 91 anos)
Pelotas (homem, 56 anos)
Pelotas (homem, 67 anos)
Pelotas (homem, 71 anos)
Piratini (mulher, 64 anos)
Portão (mulher, 56 anos)
Portão (homem, 36 anos)
Porto Alegre (homem, 65 anos)
Porto Alegre (homem, 85 anos)
Porto Alegre (homem, 54 anos)
Porto Alegre (mulher, 78 anos)
Porto Alegre (homem, 61 anos)
Porto Alegre (mulher, 88 anos)
Porto Alegre (homem, 82 anos)
Porto Alegre (mulher, 82 anos)
Porto Alegre (mulher, 82 anos)
Porto Alegre (homem, 65 anos)
Porto Alegre (homem, 92 anos)
Porto Alegre (mulher, 83 anos)
Porto Alegre (homem, 48 anos)
Porto Xavier (mulher, 82 anos)
Sananduva (homem, 73 anos)
Santa Maria (mulher, 93 anos)
Santa Maria (mulher, 88 anos)
Santa Rosa (homem, 68 anos)
Santa Rosa (homem, 80 anos)
Santo Ângelo (mulher, 52 anos)
Santo Ângelo (homem, 72 anos)
Santo Antônio da Patrulha (homem, 76 anos)
Santo Antônio da Patrulha (homem, 66 anos)
São Gabriel (homem, 75 anos)
São Gabriel (homem, 71 anos
São João da Urtiga (homem, 89 anos)
São Lourenço do Sul (mulher, 87 anos)
São Martinho (homem, 68 anos)
São Miguel das Missões (mulher, 70 anos)
São Pedro do Sul (homem, 44 anos)
São Sebastião do Caí (mulher, 53 anos)
Sapiranga (homem, 80 anos)
Sapucaia do Sul (mulher, 68 anos)
Sapucaia do Sul (homem, 57 anos)
Sapucaia do Sul (mulher, 70 anos)
Soledade (mulher, 77 anos)
Tapes (mulher, 89 anos)
Teutônia (mulher, 70 anos)
Tramandaí (mulher,86 anos)
Viamão (mulher, 71 anos)
Viamão (homem, 71 anos)
Viamão (mulher, 62 anos)
Xangri-lá (homem, 66 anos)

Brasil

O Brasil tem 187.685 mortes por coronavírus confirmadas e 7.284.166 casos até às 13h desta terça-feira (22), segundo levantamento do consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde.

Desde o balanço das 20h de segunda-feira (21), sete estados atualizaram seus dados: CE, GO, MG, MS, PE, RN e SP. Na segunda-feira (21), às 20h, o balanço indicou 187.322 óbitos desde o começo da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias foi de 769 — valor que se iguala à média registrada em 18 de setembro.

A variação foi de +25% em comparação à média de 14 dias atrás, indicando tendência de alta nos óbitos pela doença. Fonte: G1

Texto: Rita de Cássia
redacao@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui