RS tem 54 mortes e 4.139 casos de coronavírus registrados neste sábado

Estado tem 78,9% dos leitos de UTI ocupados


0
Foto: Reprodução

O Rio Grande do Sul registrou 54 óbitos e 4.139 novos casos de Covid-19 neste sábado (10). As cidades com mais mortes foram Pelotas (seis) e Porto Alegre e Santa Maria (cinco). O Vale do Taquari não teve óbitos informados no dia e 73 casos foram notificados para a região. O Vale do Taquari não teve óbitos informados no dia e 73 casos foram notificados para a região.

Agora, o Estado chega a um total de 1.251.502 casos confirmados. Desses, 1.207.018 (96,4%) são considerados recuperados; 12.198 são casos ativos (1%) e 32.196 pessoas morreram em decorrência do coronavírus (2,6%).

Às 16h deste sábado (10) 78,9% dos leitos de UTI do estado estavam ocupados. Eram 2.696 pacientes para 3.415 leitos de UTI disponíveis.

Brasil

Segundo o portal R7, o Brasil registrou, nesta sexta-feira (9), 1.509 mortes por Covid-19 e 57.737 novos casos diagnosticados, de acordo com os dados enviados pelos estados ao Ministério da Saúde e ao Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde).

Com o balanço, o país contabiliza 531.688 óbitos e 19.020.499 pessoas que já foram diagnosticadas com a doença. São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Paraná são os estados com o maior número de óbitos, respectivamente.

De acordo com o Ministério da Saúde, 17.479.277 pessoas já se recuperaram da covid-19 no país; 1.009.534 estão em acompanhamento.

Segundo o Conass, a taxa de letalidade do coronavírus no Brasil é de 2,8% e a taxa de mortalidade por cada 100 mil habitantes é de 253. A média móvel de óbitos nos últimos 7 dias é de 1.391 e a média móvel de novos casos é de 47.576, ambas com tendência de queda.

O vacinômetro mostra que mais de 82,4 milhões de pessoas receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19 no país, o que corresponde a 52% da população que pode ser vacinada, sendo que mais de 29,7 milhões já receberam a segunda dose ou uma vacina de dose única e estão completamente imunizadas.

Texto: Ricardo Sander
ricardosander@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui