RS tem 68 óbitos e 2.667 novos casos de Covid-19 nesta quarta-feira

Estado ultrapassou a marca de 2,5 mil mortes em decorrência da doença. Número de recuperados é de 79.763, que representam 89% do total.


0
Foto: Reprodução / Shutterstock

O Rio Grande do Sul registrou nesta quarta-feira (12) 2.667 novos casos de Covid-19. Foram confirmados mais 68 óbitos entre os dias 19 de julho a 12 de agosto. O total de casos confirmados é 90.049. O estado ultrapassou a marca de 2,5 mil mortes em decorrência da doença, chegando a 2.540, com taxa de letalidade em 2,8%. Já o número de recuperados é de 79.763, que representam 89% do total de casos. Em acompanhamento estão 7.746 pacientes que ainda estão ativos para o vírus (9%).

Com os novos registros, o RS passou dos 90 mil infectados, distribuídos em 96% do território gaúcho. A atualização teve ainda 33 casos excluídos por duplicidade ou revisão de resultado. A taxa de ocupação dos leitos de unidades de terapia intensiva (UTIs) do Estado, tanto em leitos privados quanto públicos, é de 78% na tarde desta quarta-feira. Destes, 37,6% são pacientes confirmados para Covid-19, 11,9% são pacientes com a suspeita da doença e os demais são internações por outras doenças.

Porto Alegre permanece sendo a cidade com mais casos, totalizando 488 vítimas fatais. Em relação aos casos confirmados, são 10.272 infectados. Já o Vale do Taquari contabiliza um total de 5.359 confirmações de Covid-19 desde o começo da pandemia, sendo que 4.950 dos pacientes estão recuperados (92,3%), 331 em tratamento (6,2%) e 78 faleceram (1,4%). Resta o reconhecimento de um óbito pelo Estado, com morador de Roca Sales, de 80 anos, ocorrido em 27 de julho. Dados foram contabilizados até por volta das 17h desta quarta-feira (12).

Óbitos informados nesta quarta-feira:

Alegrete (homem, 85 anos)
Arroio do Sal (mulher, 82 anos)
Cachoeirinha (homem, 33 anos)
Camaquã (homem, 80 anos)
Campo Bom (mulher, 61 anos)
Canoas (homem, 79 anos)
Canoas (mulher, 73 anos)
Caxias do Sul (homem, 53 anos)
Charqueadas (mulher, 72 anos)
Charrua (homem, 66 anos)
Esteio (homem, 83 anos)
Garibaldi (homem, 84 anos)
Gramado (mulher, 60 anos)
Gravataí (mulher, 64 anos)
Gravataí (mulher, 94 anos)
Ibiraiaras (homem, 66 anos)
Ibirubá (homem, 87 anos)
Ijuí (homem, 80 anos)
Ijuí (mulher, 74 anos)
Jaguarão (homem, 72 anos)
Lajeado (homem, 70 anos)
Nova Bassano (homem, 93 anos)
Nova Prata (mulher, 70 anos)
Novo Hamburgo (mulher, 76 anos)
Novo Hamburgo (mulher, 74 anos)
Novo Hamburgo (homem, 51 anos)
Osório (mulher, 50 anos)
Passo Fundo (mulher, 83 anos)
Passo Fundo (homem, 61 anos)
Pelotas (mulher, 68 anos)
Pelotas (homem, 83 anos)
Pelotas (homem, 46 anos)
Pinheiro Machado (mulher, 82 anos)
Porto Alegre (homem, 71 anos)
Porto Alegre (mulher, 56 anos)
Porto Alegre (mulher, 79 anos)
Porto Alegre (mulher, 72 anos)
Porto Alegre (homem, 80 anos)
Porto Alegre (homem, 80 anos)
Porto Alegre (mulher, 54 anos)
Porto Alegre (mulher, 71 anos)
Porto Alegre (mulher, 91 anos)
Porto Alegre (mulher, 72 anos)
Porto Alegre (mulher, 49 anos)
Porto Alegre (homem, 77 anos)
Porto Alegre (mulher, 91 anos)
Porto Alegre (homem, 85 anos)
Porto Alegre (mulher, 96 anos)
Porto Alegre (mulher, 87 anos)
Porto Alegre (mulher, 67 anos)
Porto Alegre (homem, 81 anos)
Porto Alegre (mulher, 90 anos)
Porto Alegre (homem, 73 anos)
Porto Alegre (mulher, 85 anos)
Rio Grande (homem, 56 anos)
Rolante (homem, 48 anos)
Santa Maria (homem, 89 anos)
São Francisco de Paula (homem, 37 anos)
São Jerônimo (mulher, 85 anos)
São Leopoldo (mulher, 95 anos)
São Leopoldo (mulher, 58 anos)
Sentinela do Sul (homem, 78 anos)
Tapejara (mulher, 41 anos)
Três Cachoeiras (mulher, 85 anos)
Viamão (homem, 74 anos)
Viamão (mulher, 85 anos)
Viamão (homem, 55 anos)
Viamão (homem, 67 anos)

Brasil

O Brasil tem 103.421 mortes por coronavírus confirmadas até as 13h desta quarta-feira (12), segundo levantamento do consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde. Desde o balanço das 20h de terça-feira (11), 9 estados e o DF atualizaram seus dados: AM, CE, GO, MG, MS, PE, PI, RN e RR.

Às 8h, o consórcio publicou a primeira atualização do dia com 103.118 mortes e 3.114.287 casos. Na terça-feira (11), às 20h, o balanço indicou: 103.099 mortes, 1.242 em 24 horas. Com isso, a média móvel de novas mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 1.000 óbitos, uma variação de -4% em relação aos dados registrados em 14 dias. Fonte: G1

Texto: Gabriela Hautrive e Natalia Ribeiro
producao@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui