Rússia promete retaliação aos EUA após ataque à Crimeia com arma americana

Ucrânia usou mísseis ATACMS, fornecidos pelos Estados Unidos, para atingir a península anexada pelo governo russo


0
Foto: PxHere/Divulgação

A Rússia culpou nesta segunda-feira, 24, os Estados Unidos por um ataque ucraniano contra a Crimeia que usou mísseis de longo alcance fornecidos pelo governo americano. Os disparos com os dispositivos ATACMS matou cinco pessoas, sendo duas crianças, e feriu 151, segundo autoridades russas. Moscou já alertou formalmente a embaixada americana de que uma retaliação pode…

De acordo com o Ministério da Defesa da Rússia, os ataques foram coordenados por especialistas americanos que utilizaram informações de satélites espiões para lançar os mísseis. O governo russo convocou a embaixadora dos Estados Unidos, Lynne Tracy, ao Ministério das Relações Exteriores para uma reprimenda, acusando Washington de travar “uma guerra híbrida contra a Rússia” e de se tornar, na prática, “parte no conflito”.

Desde que o Ocidente começou a enviar armamentos e equipamentos militares à Ucrânia, a Rússia mandou vários sinais de que vê a medida como uma escalada do conflito. O presidente russo, Vladimir Putin, já alertou diversas vezes para o risco de uma guerra mais ampla envolvendo as maiores potências nucleares do globo.

Fonte: Veja

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui