Rússia registra a primeira vacina contra Covid-19 do mundo, anuncia Putin

Presidente da Rússia anunciou que sua filha já recebeu uma dose da substância.


0
Foto: Divulgação

O Ministério da Saúde da Rússia concedeu a aprovação regulatória para a primeira vacina contra Covid-19 do mundo, desenvolvida pelo Instituto Gamaleya de Moscou, após menos de dois meses de testes em humanos. O anúncio foi feito nesta terça-feira (11) pelo presidente do país, Vladimir Putin. Ele afirmou que espera que a Rússia comece em breve a produção em massa da vacina, e anunciou que sua filha já recebeu uma dose da substância. Segundo Mikhail Murashko, ministro da Saúde do país, a vacina mostrou eficácia e segurança. Com isso, a pasta prepara uma campanha de vacinação em massa a partir de outubro, quando os testes clínicos desenvolvidos pelo governo estiverem concluídos. Os primeiros a serem imunizados serão os profissionais da saúde e idosos, e todos os custos do medicamento serão cobertos pelo estado, informou Murashko.

Justiça Federal autoriza viagem de Michel Temer ao Líbano

O ex-presidente Michel Temer foi autorizado pela Justiça Federal a viajar ao Líbano em uma missão de ajuda do governo brasileiro ao país, cuja capital, Beirute, foi atingida por uma forte explosão na semana passada, que deixou mais de 150 mortos e 3 mil feridos. O convite foi feito pelo presidente Jair Bolsonaro, que anunciou a missão de ajuda do governo brasileiro ao Líbano na manhã deste domingo (9). A decisão da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, cujo titular é o juiz Marcelo Bretas, autorizou viagem entre os dias 12 e 15 de agosto com o objetivo de integrar a missão. Bolsonaro oficializou a viagem de Temer e mais 12 em missão de ajuda ao Líbano em edição extra do”Diário Oficial da União” publicada na noite desta segunda-feira (10). A justificativa para a autorização, de acordo com a decisão, é a “natureza humanitária da missão oficial” para qual Temer foi designado. Temer, filho de libaneses, foi escolhido para chefiar a missão.

Acidente em bonde turístico na França deixa feridos; queda de raio causou falha elétrica, diz TV

Ao menos 12 pessoas ficaram feridas após um funicular — veículo semelhante a um bonde — parar abruptamente em Lourdes, no sudoeste da França, nesta segunda-feira (10). De acordo com a emissora France 3, o acidente aconteceu devido a uma falha elétrica causada pela queda de um raio nas redondezas. O veículo, que liga a cidade ao Pico do Jer, fazia o trajeto de descida. A frenagem abrupta do vagão fez os ocupantes se projetarem violentamente contra a frente da cabine. O funicular continuará fechado enquanto durar a perícia, que vai detalhar as causas do acidente. Lourdes, cidade com cerca de 14 mil habitantes no sudoeste da França, é local de peregrinação de católicos do mundo pelo santuário de Nossa Senhora de Lourdes, onde relata-se a aparição da Virgem Maria em 1858. A localidade fica em região montanhosa, aos pés dos Pirineus, que separam a França da Espanha.

Anvisa aprova dose de reforço em teste da vacina de Oxford contra Covid-19

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou a aplicação de uma segunda dose nos testes realizados no Brasil da possível vacina para Covid-19 desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford, do Reino Unido, conforme publicação no Diário Oficial da União nesta segunda-feira (10). A Anvisa autorizou a aplicação da chamada dose de reforço por meio de mudança no protocolo da pesquisa da vacina. Segundo a agência, a alteração prevê que haverá a aplicação da segunda dose nos voluntários que já haviam sido vacinados e também a outros que ainda vão entrar para o estudo. Outra alteração autorizada pela Anvisa diz respeito à ampliação da faixa etária para aplicação dos testes. Será de 18 a 69 anos com a mudança, ante 18 e 55 anos anteriormente. O governo brasileiro, por meio do Ministério da Saúde e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), assinou um memorando de entendimento com a AstraZeneca que prevê a compra de 30 milhões de doses da vacina, com entrega em dezembro deste ano e janeiro do ano que vem, e a possibilidade de aquisição de mais 70 milhões se a vacina tiver eficácia e segurança comprovadas.

Projeção no Congresso Nacional lembra 100 mil mortos pela Covid-19 no Brasil

As duas torres do Congresso Nacional, em Brasília, receberam na noite desta segunda-feira (10) uma projeção em homenagem às vítimas da Covid-19 no Brasil. Os prédios tinham a seguinte frase: “Luto pelos 100 mil”. A ação foi organizada pela União Nacional dos Estudantes (UNE), Associação Nacional de Pós-graduandos (ANPG) e União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES). A projeção foi autorizada pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) a partir de um pedido do senador Flávio Arns, (Rede-PR). Segundo a Câmara dos Deputados, a projeção irá se repetir nesta terça-feira (11), entre 18h e 20h30. No último sábado (8), o país passou dos 100 mil mortos no país. Até as 20h, desta segunda, o Brasil tinha registrado 101.857 mortes por coronavírus confirmadas, segundo levantamento do consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde.

Última capital a tomar medida, Porto Alegre volta a liberar cultos em igrejas e templos

Porto Alegre tornou-se a última Capital a liberar cultos em templos e igrejas, por conta da pandemia de Covid-19. A decisão foi confirmada em decreto publicado pela prefeitura nesta segunda, que flexibiliza diversas atividades na cidade. Assim como as demais medidas do decreto, os termos valem a partir desta terça, 11 de agosto. O comércio e a prestação de serviços também tiveram flexibilizações asseguradas. Mesmo com a permissão, o decreto prevê algumas regras para a realização dos eventos religiosos. O limite máximo é de 30 pessoas concomitantes, e a lotação não deve exceder a 50% da capacidade máxima prevista no alvará. Além disso, o distanciamento entre os presentes deve ser de, no mínimo, dois metros.

Governo do RS define nove regiões em bandeira vermelha

O governador Eduardo Leite divulgou, nesta segunda-feira, que nove regiões ficarão com a bandeira vermelha na 14ª rodada do Distanciamento Controlado. São elas: Porto Alegre, Canoas, Novo Hamburgo, Taquara, Passo Fundo, Capão da Canoa, Palmeiras das Missões, Erechim e Pelotas. No mapa prévio, apresentado na sexta-feira passada, haviam 12 regiões consideradas áreas de alto risco de contágio com o coronavírus. O gabinete de crise aceitou os pedidos de reconsideração das regiões de Uruguaiana, Guaíba e Lajeado, que retornam para a bandeira laranja nesta semana, além dos municípios de Iraí e Ivoti que também apresentaram pleitos que foram deferidos. Já as regiões de Santa Maria, Santo Ângelo, Cruz Alta, Ijuí, Santa Rosa, Caxias do Sul, Santa Cruz do Sul e Cachoeira do Sul permanecem com a bandeira laranja. Ao todo, o Estado recebeu 25 pedidos de reconsideração, o menor número desde que se iniciou a possibilidade de associações ou municípios entrarem com recursos contra o mapa. Eduardo Leite falou sobre a cogestão dos municípios que deve acontecer no Distanciamento Controlado. As regiões da bandeira vermelha devem seguir maiores restrições para prevenir o contágio a partir da meia-noite desta terça-feira até o dia 17 de agosto.

Eduardo Leite prevê redução de R$ 1 bilhão na arrecadação de ICMS

Ao encaminhar os três projetos que integram a reforma tributária à Assembleia Legislativa, o governador Eduardo Leite disse que a reorganização do sistema tributário prevê a queda do ICMS no Estado. “Com a nossa proposta, o ICMS terá uma redução de R$ 1 bilhão”, afirmou, ao detalhar que a proposta busca remanejar a arrecadação, que, segundo ele, passa do consumo para o patrimônio. Com o regime de urgência, os textos deverão ser votados até a metade de setembro e precisam de maioria simples para aprovação. Mesmo assim, alguns parlamentares já manifestaram resistência. Se aprovados, governo espera sancioná-los ainda em setembro, garantindo o princípio da noventena, para que comecem a valer no início de 2021.

Produção e apresentação: Júlio César Lenhard
Próxima edição: hoje, ao meio-dia.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui