Rússia vai cortar fornecimento de gás para a Holanda

Estatal holandesa GasTerra se recusou a pagar pela energia em rublos, a moeda oficial da Rússia


0
Foto: Ilustrativa

A estatal holandesa GasTerra, que compra e comercializa gás em nome do governo nacional, não receberá mais gás da russa Gazprom a partir desta terça-feira (31), depois de se recusar a aceitar as exigências de Moscou de pagar pela energia em rublos, segundo informaram as duas empresas nesta segunda.

A GasTerra disse que contratou de outra empresa os 2 bilhões de metros cúbicos (bcm) de gás que esperava receber da Gazprom até outubro. A empresa é 50% de propriedade de entidades governamentais holandesas e os outros 50% são divididos pela metade entre a Shell e Exxon.

“Entendemos a decisão da GasTerra de não concordar com as condições de pagamento impostas unilateralmente pela Gazprom”, escreveu o ministro da Energia holandês, Rob Jetten, no Twitter. “Esta decisão não terá consequências para a entrega física de gás às residências holandesas.”

Em um comunicado, a GasTerra disse que a empresa holandesa decidiu não adotar o sistema exigido pela Rússia, que envolvia a abertura de contas que seriam pagas em euros e depois trocadas por rublos. A medida foi adotada pelo governo da Rússia em uma medida de tentar proteger sua economia em meio às diversas sanções impostas por governos ocidentais como resposta à invasão da Ucrânia.

Fonte: O Sul

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui