Rússia volta a atacar Mariupol e Kharkiv e bombardeia depósito de petróleo em Dnipro

Cidades estão entre os maiores alvos das tropas russas; governo ucraniano informou que ataque em Dnipro não deixou feridos


0
Bombeiros trabalham para conter fogo em um depósito de petróleo em Dnipro (Foto: REUTERS)

A Rússia intensificou os ataques contra as cidades ucranianas de Mariupol e Kharkiv nesta quarta-feira (6), duas das regiões que representam os maiores alvos do exército russo. O prefeito de Mariupol, Vadim Boichenko, chegou a afirmar que 90% da cidade está destruída.

Além dos novos ataques, as tropas russas também bombardearam um depósito de petróleo próximo da cidade de Dnipro, no leste da Ucrânia, nesta madrugada. A ação não deixou vítimas, afirmaram as autoridades locais.

Alguns minutos depois, o governador afirmou que o incêndio foi controlado pelos bombeiros, “que lutaram por mais de oito horas”. De acordo com Mikola Lukashuk, presidente do conselho regional de Dnipropetrovsk, o bombardeio russo aconteceu em Novomoskovsk, 25 km ao nordeste de Dnipro.

Fonte: R7

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui