SAE Lajeado acompanha 1,8 mil pacientes com HIV; número vem crescendo, relata coordenadora

Em alusão ao Dia Mundial de Combate à Aids celebrado na quarta-feira (1º), município realizou ações de conscientização e aplicação de testes rápidos


0
Valdirene Bendito, coordenadora do Serviço de Assistência Especializada (SAE) de Lajeado (Foto: Rodrigo Gallas)

Nesta quarta-feira (1º) foi celebrado o Dia Mundial de Combate à Aids. Para marcar a data, o Serviço de Assistência Especializada (SAE), vinculado à Secretaria da Saúde (Sesa) da Prefeitura de Lajeado, preparou uma ação com o intuito de conscientizar as pessoas sobre a prevenção e do diagnóstico precoce da doença. Na atividade, maioria dos postos de Saúde realizaram movimentações fora de suas sedes.

No Centro de Lajeado, as pessoas foram abordadas pelo SAE para realizar o teste rápido. “Testamos 135 pessoas. Detectamos 11 sífilis, um HIV e uma Hepatite C”, destaca coordenadora do SAE Lajeado, Waldirene Bedinoto, ao alertar que as pessoas possuem às doenças, mas não tem ideia. Implantado em 2012, a testagem instantânea tem aumentado o número de detecções das doenças.


ouça a entrevista 


 

Atuando desde 1999 em Lajeado, o SAE acompanha, atualmente, 1,8 mil pacientes com HIV. Segundo Waldirene, este número vem crescendo. Só em 2022, até fim de setembro, 123 casos foram detectados. Até outubro deste ano, 9 mil testes rápidos foram realizados. A faixa etária com mais diagnósticos de HIV está entre 20 e 30 anos, o que mudou, pois antes, a faixa etária prevalente era superior.

A coordenadora do Serviço ressalta a importância de as pessoas procurarem pelos testes rápidos nas Unidades de Saúde e no SAE, pois o diagnóstico precoce da doença garante mais qualidade de vida. “Nosso paciente número um ainda está vivo”, conta.

O tratamento para manter a doença estável evoluiu. Antigamente, tomava-se um coquetel com cerca de dez comprimidos. Hoje, dependendo do tratamento, basta tomar um.

O Serviço

O SAE atua das 7h às 16h, de segunda a sexta-feira, sem fechar ao meio-dia. O serviço está localizado na rua Alberto Torres, nº 560.

Telefone: 3982-1131

Saiba mais sobre a Aids

A Aids (Síndrome de Imunodeficiência Adquirida) é uma doença do sistema imunológico resultante da infecção pelo vírus HIV (vírus da imunodeficiência humana), que destrói as células de defesa do organismo, deixando o indivíduo sujeito a várias doenças e infecções que podem levar à morte.

O teste rápido de HIV é gratuito, seguro e confidencial. No exame rápido, o resultado sai em até 15 minutos. O exame está disponível nas unidades de saúde do município e no SAE.

Texto: Rodrigo Gallas
web@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui