Saiba como limpar a casa depois da enchente 

Veterinária da Vigilância Sanitária de Lajeado, Paula Luciana Kern dá dicas de como desinfetar as residências afetadas pelas cheias, evitar doenças e o mau cheiro.


1
Foto: Ilustrativa / Divulgação

As enchentes da última semana causaram diversos estragos e inundaram 1.355 edificações do total de 32.388 de toda Lajeado, o que representa (4,18%). Nos alagamentos, a água da chuva se mistura com a água do esgoto e, nestas horas, é preciso ter cuidado redobrado com a saúde. “Tudo que tem de dejeto vai pro esgoto. Com uma enchente, esse esgoto volta para nossas casas”, alerta a médica veterinária da Vigilância Ambiental de Lajeado, Paula Luciana Kern.

A água suja das chuvas pode estar contaminada por uma série de bactérias, vírus, protozoários e causar doenças. Com destaque para a leptospirose. Além disso, hepatite A, hepatite E, salmonela, diarreia, verminoses e doenças respiratórias, mas também febre tifoide e cólera. Em entrevista ao programa Panorama na manhã desta quinta-feira Paula dá dicas de como preservar a saúde após as enchentes.


ouça as dicas em entrevista

 


 

Médica veterinária da Vigilância Ambiental de Lajeado, Paula Luciana Kern (Foto: Rodrigo Gallas)

Antes de começar a desinfetar os ambientes é necessário proteger a própria saúde, utilizando luvas, botas de borrachas ou outro tipo de proteção para as pernas e braços como sacos plásticos duplos. É necessário descartar para a coleta pública tudo o que não puder ser recuperado.

Com escova, rodo, sabão (ou detergente) e água limpa é preciso retirar todos os resíduos grosseiros como a lama que restou nos ambientes, utensílios, móveis e outros objetos da casa.

Depois que não há mais sujeira nenhuma visual, é necessário preparar uma solução desinfetante:

  • Dilua dois copos americanos (200 ml) de água sanitária em 20 litros de água.

Esta solução deve ser passada em em todas casa: paredes, chão, aberturas e objetos. É necessários deixá-la em contato com as superfícies por, pelo menos, 20 minutos. Após, pode-se enxaguar novamente com água.

Esta solução desinfetante não deve ser aplicada em roupas coloridas, por exemplo, que podem desbotar, lembra a médica veterinária da Vigilância Ambiental de Lajeado.

A roupa deve ser lavada normalmente. Caso ela possa desbotar, é preciso limpar com água fervente. O ideal é secar no sol que mata bactérias, vírus e, ainda, tira o mau cheiro. O mesmo deve ser feito com tapetes, almofadas, mantas e lençóis.

Confira mais dicas no áudio acima!

Texto: Rodrigo Gallas
web@independente.com.br

1 comentário

  1. Bom dia!!!
    Obrigada à equipe da Rádio Independente pela oportunidade de prestar esclarecimentos para a população.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui