Saiba o que fazer em caso de choque elétrico doméstico

O diretor de operação e manutenção de energia elétrica da Certel, Daniel Luís Sech ressalta a importância da prevenção.


0
Daniel Luís Sech, diretor de operação e manutenção de energia elétrica da Certel (Foto: Rodrigo Gallas)

No programa Panorama desta segunda-feira (8) falamos sobre os cuidados para evitar choques elétricos domésticos e como proceder caso alguém esteja sofrendo uma descarga elétrica. Pauta para o diretor de operação e manutenção de energia elétrica da Certel, Daniel Luís Sech.

No último dia 30 de janeiro, pai e filho morreram eletrocutados no Bairro Universitário, em Lajeado. Na ocasião, o homem, que trabalha como eletricista, estava arrumando uma cerca elétrica nos fundos de casa, quando sofreu um choque. O filho, ao tentar ajudar o pai, também foi atingido pela descarga elétrica.


ouça a entrevista

 


 

Além de ajudar a evitar consequências para a vítima, saber o que fazer em caso de choque elétrico também protege a pessoa que faz o salvamento contra os perigos da energia elétrica.

Segundo Sech, os primeiros socorros para quem sofrer choque elétrico são: desligar o disjuntor, mas não tocar na vítima; ligar para os bombeiros e aguardas as instruções.

Prevenção

O diretor de operação e manutenção de energia elétrica da Certel ressalta a importância da prevenção. Ele diz que as pessoas que não são capacitadas para trabalhar com energia elétrica não devem realizar reparos em casa.

O eletricista, mesmo que experiente, deve desligar a energia da residência, e sempre trabalhar em dupla, nunca sozinho.

As residências devem ter um Dispositivo Diferencial Residual (DR). O DR é um dispositivo de proteção que faz parte do circuito elétrico. Ele tem a função de detectar uma fuga de corrente e desarmar o circuito. Essa fuga de corrente pode ser um choque elétrico por exemplo.

Sech recomenda uma revisão do sistema elétrico das residências a cada três ou quatro anos.

Texto: Rodrigo Gallas
web@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui