Saiba quais são os pontos de Lajeado que terão acesso restrito ou totalmente fechado

Medidas fazem parte da estratégia do município e órgãos de segurança para conter a disseminação do coronavírus.


10
Foto: Arquivo/Ricardo Sander

O município de Lajeado terá várias ações para buscar impedir aglomerações. Entre elas, os parques Jardim Botânico, Parque do Imigrante e Parque Histórico estão com restrições de locação e serão fechados ao público no sábado e no domingo.

– O Urban Center, em Conventos, terá sinalização com fitas de segurança para que as pessoas não se aglomerem no local.

– Praças e parques como a João Zart Sobrinho (Papai Noel, no Americano) e o Piraí terão as quadras e áreas de uso comum isoladas.

– As áreas de estacionamento das avenidas Alberto Müller e Avelino Talini serão isoladas para impedir estacionamento.

– No Parque dos Dick, os estacionamentos serão fechados, a via será isolada para impedir estacionamento e agentes privados orientarão as pessoas sobre o uso de máscaras. Não será permitido sentar no parque, levar cadeiras e tomar chimarrão.

– Os proprietários de quadras e campos de futebol privados foram alertados pela prefeitura para que não promovam jogos até o fim da vigência do decreto. Os ginásios municipais já foram fechados e estão sem atividades.

– Dois pontos públicos que permitem acesso de barco ao Rio Taquari serão isolados pela Prefeitura. Proprietários de áreas privadas que dão acesso serão alertados para colaborarem no controle e evitar aglomerações de embarcações dentro do rio.

– Informações sobre festas clandestinas ou locais sem permissão realizando eventos proibidos pelo decreto estadual serão fiscalizados e poderão responder a processo, correndo o risco de perda do alvará.

– O parque de diversões instalado no Parque dos Dick teve as atividades suspensas. A Aldeia do Noel está apenas com a decoração instalada: os shows da programação cultural foram cancelados e a presença dos personagens Papai e Mamãe Noel também foi suspensa.

Principais regras do decreto estadual para regiões em bandeira vermelha, válidas também para Lajeado:

– Locais públicos abertos que não tem controle de acesso (parques, praças, ruas, calçadas, praias e similares): proibida a permanência. Está permitido apenas circular e fazer exercícios físicos. É obrigatório o uso de máscara.

– Comércio de rua, não essencial: 50% dos trabalhadores e permissão de funcionamento com atendimento presencial restrito todos os dias, mas com limite de horário até 20h.

– Escolas podem funcionar

– Restaurantes, lanchonetes e bares: alteração para 25% de lotação, com permissão de funcionamento presencial todos os dias, mas limitado até 22h. Funcionamento de delivery, drive-thru, pegue e leve (takeaway) permitido somente até 23h. Limitação de 6 pessoas por mesa, distância de 2m entre mesas e proibida música ao vivo, DJ e pista de dança.

– Lojas de conveniência devem respeitar o horário limite de 22h, e não é permitido o consumo de alimentos e bebida no local.

– Museus, centros culturais e similares: permitido funcionamento com 25% de lotação e mediante agendamento

– Parques e reservas naturais, jardins botânicos e zoológicos: permitido funcionamento exclusivamente para ambientes abertos, com controle de acesso e 25% de lotação.

– Teatros, auditórios, casas de espetáculos, casas de show, circos e similares: não permitido funcionamento em ambientes fechados. Permitido funcionamento exclusivamente para ambientes abertos, com controle de acesso, 50% de lotação, com ocupação de cadeiras/vaga marcada e sem consumo de alimentos/bebidas.

– Cinemas: em salas fechadas não podem funcionar. Em tipo drive-in (espaço aberto), com 50% das vagas.

– Serviços de educação física (academias, centros de treinamento, estúdios e similares): 25% de lotação, sem contato físico, mínimo 16m2 por pessoa e esportes coletivos (dois ou mais atletas) permitidos apenas para atletas profissionais.

– Serviços de educação física em piscina (aberta ou fechada): 25% de lotação, sem contato físico, mínimo 16m2 por pessoa, funcionamento permitido somente para atividade vinculada à manutenção da saúde (natação, hidroginástica e fisioterapia). Vedado para lazer.

– Clubes sociais, esportivos e similares: esportes coletivos (dois ou mais atletas) permitidos apenas para atletas profissionais, sem público. Piscina com funcionamento permitido somente para atividade vinculada à manutenção da saúde (natação, hidroginástica e fisioterapia), vedado para lazer. Fechamento de áreas comuns, tais como espreguiçadeiras, brinquedos infantis, saunas, quadras, salões de festas, churrasqueiras compartilhadas e demais locais para eventos sociais e de entretenimento.

– Competições esportivas: proibidas competição de atletas amadores de qualquer tipo.

– Condomínios prediais, residenciais e comerciais: fechamento de áreas comuns, tais como espreguiçadeiras, brinquedos infantis, piscinas, saunas, quadras, salões de festas, churrasqueiras compartilhadas e demais locais para eventos sociais e de entretenimento.

AI/RC

10 Comentários

  1. Porque os políticos não se manifestam agora. Não precisa mais do eleitor! Pois já estão eleitos. Hoje eu me sinto um verdadeiro palhaço, ter votado no dia 15/11. Como vamos acreditar nesta classe política, que só faz o que é bom para eles. Porque não pensaram no povo. E agora a eleição saiu e nosso Natal e final de ano? Uma pergunta que faso.

    • E uma palhaçada mesmo ,como podem escola poderem funcionar,se ao ar livre não pode permanecer mesmo respeitando a distância,covid só está ativo a noite e pós eleição .

  2. Palhaçada porque não adiaram as eleições,tinha político apertando a mão de tudo que e eleitor sem máscara,e sem falar a mudança de local de algumas sessões que estavam em local pequeno e fechado um calorão dentro do salão, caso da igreja católica de moinhos , povo devia ter ficado em casa e virado as costas para essa eleição que podia ter sido adiada,agora querem decidir se o cidadão fica ou sai de casa,e uma vergonha pra Lajeado com a quantidade de habitantes com tão poucos leitos ,que abrangem grande parte da região ,se está realmente com tantos casos não seria uma questão de saúde pública coloca a disposição mais leitos .

  3. Infelizmente tem que ser assim orque as pessoas na tem limites e mesmo assim tera mais e mais casos ocorrendo estas regras deveria ter sido mantida desde o inicio so quetem comprar sem medidas colocando todos em risco façam seus ranchos e se aquietem em suas casas ok obg

  4. Infelizmente tem que ser assim porquê as pessoas na tem limites e mesmo assim tera mais e mais casos ocorrendo estas regras deveria ter sido mantida desde o inicio so que tem comprar sem medidas colocando todos em risco façam seus ranchos e se aquietem em suas casas ok obg

  5. É q vcs não entendem,o covid para de infectar em época de eleição,pq o governo q manda no vírus,eles q desidem quando o vírus irá circular.as eleiçoes tinham q ser 1 vez por mês,ai acabaria essa palhaçada…..

  6. Concordo.Isso ja estava previsto.So queriam os votos.Na verdade,acredito que ja estavamos na Bandeira Vermelha.

  7. Engraçado né políticos, e todos parlamentares. Funcionamento praticamente tudo proibido,e as contas vão proibir cobrança também, pois depois de eleitos,primeiramente aumentaram IPTU,e o resto consequentemente. Agora respondam,famílias humildes,que praticamente não estão tendo renda,pois salários reduzidos,grande maioria desempregada por conta dessa pandemia, como vão pagar suas contas que até então, NÃO TEM RESTRIÇÃO NENHUMA.Palhaçada né parlamentares Brasileiros. Pouca vergonha essa legislação…..

  8. É uma vergonha, não devia te eleição esse ano, pra não almenta os casos agora tá aí o problema e vão fechar tudo e quem se fode é nós, e o erro vem dessa cambada de político, eles tão numa boa centado numa cadeira ganhando dentro de casa, e o povo q se lasca

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui