Santa Clara do Sul encaminha mutirão de cirurgias eletivas e exames de imagens

Contratação de serviços reduzirá fila de espera e agilizará atendimento a pacientes


0
Foto: Divulgação

Com o objetivo de atender a demanda reprimida de cirurgias eletivas e disponibilizar a oferta de exames de imagens, o Governo de Santa Clara do Sul está fazendo a contratação de serviços do Hospital Bruno Born (HBB) através do sistema de mutirão, para realizar ao longo de 2022.

O investimento previsto é de aproximadamente R$ 700 mil para atender a demanda, reduzindo as filas e agilizando o atendimento aos pacientes. Os recursos são provenientes de emenda parlamentar do deputado federal Osmar Terra (R$ 500 mil), mais recursos devolvidos pela Câmara de Vereadores aos cofres públicos (R$ 200 mil).

Uma das contratações contempla a oferta de exames de imagens, como ressonâncias magnéticas e tomografias computadorizadas aos cidadãos santa-clarenses. A motivação é a crescente demanda pelos exames e a baixa oferta destes serviços pela rede do Sistema Único de Saúde.

A outra contratação visa atender demanda reprimida de cirurgias de retirada de vesícula, pela técnica de videolaparoscopia, considerada menos invasiva e com recuperação mais rápida do paciente. A espera aumentou com a suspensão de atendimentos eletivos em virtude da pandemia de Covid-19. A última cirurgia foi realizada em 2019. Demais cirurgias eletivas, incluindo as de hérnia, serão compradas através do convênio do município com o Consórcio Intermunicipal de Serviços do Vale do Taquari (Consisa).

A secretária de Saúde, Iara Kohlraush, explica que tanto para os exames quanto para as cirurgias há uma definição de quantidade disponível para o Município, estipulada pelo Estado conforme o número de habitantes. “Pela demanda de pacientes que aguarda por tomografia, a demora do acesso é de até seis meses na realização do exame, e de até quatro anos para agendamentos de exames de ressonância magnética. Para cirurgias eletivas, a fila de espera poderá ser de mais de 10 anos, considerando que o município dispõe de uma consulta por mês”, afirma.

Para o prefeito Paulo Kohlrausch, este é mais um avanço importante para a população de Santa Clara do Sul, tendo em vista que esse investimento do governo municipal, através da contratação de serviços junto ao HBB, possibilitará reduzir a fila de espera e agilizar o atendimento aos pacientes. AI/VM

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui