Saúde de Estrela se prepara para campanhas nacionais de vacinação

A equipe da Saúde de Estrela se prepara para as duas ações a fim de não atrapalhar as demais campanhas de imunização, entre elas contra a covid


0
Foto: SMS/Governo de Estrela

Será aberto na próxima segunda-feira (8) o cronograma da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite; e da Campanha Nacional de Multivacinação para Atualização de Cadernetas de Vacinação. As duas se estenderão até o próximo dia 9 de setembro. O Dia D está agendado para 20 de agosto. A equipe da Saúde de Estrela se prepara para as duas ações a fim de não atrapalhar as demais campanhas de imunização, entre elas contra a covid, que seguirão normalmente.

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite será exclusiva a menores de 5 anos, é obrigatória a todos. Apesar de a doença ter sido erradicada no Brasil desde o início da década de 1990 (ver abaixo relatório do Ministério da Saúde), caiu muito o índice da cobertura vacinal. Esta situação contribuiu na classificação do Brasil como País de alto risco para a poliomielite segundo o relatório de 2021 da Comissão Regional de Certificação (CRC).

Os resultados mostram que o país apresenta aproximadamente 84% dos municípios classificados como de “alto risco” e “muito alto risco” para pólio, o que faz com que se aumente o perigo da reintrodução da doença. Atenta a isso, a Secretaria Municipal de Saúde de Estrela pretende fazer com que a população local atenda aos pedidos para que famílias com crianças menores de cinco anos compareçam aos postos.

Já a Campanha Nacional de Multivacinação para Atualização de Cadernetas de Vacinação é voltada aos menores de 15 anos. Busca deixar em dia a imunização do público-alvo contra outras possíveis doenças, aplicando entre elas vacinas do HPV, Meningo ACWY (meningite), Febre Amarela e antitetânica (tétano).

Onde e quando?

Em Estrela, a vacinação para as duas campanhas poderá ser realizada nos mesmos locais, mas distintos horários: Unidade Básica de Saúde (UBS) do Bairro Boa União, das 10 às 16h; e UBS Central, das 8h às 16h. O Dia D será realizado dia 20 de agosto, sábado, das 8h às 17h, nas duas unidades.

De acordo com o departamento de vacinação da Secretaria da Saúde, a medida visa fazer com que famílias com mais de uma criança em idades distintas não precisem se deslocar a dois locais distintos. “Evita que uma família que tenha um menor de cinco anos precise ir até um posto e com outro membro maior de cinco a outro local de vacinação. E pode facilitar na cobertura da campanha ao percebermos que uma criança menor de cinco anos, que veio fazer a vacina da pólio, está em atraso em relação a outras doenças, e assim podemos já atualizar estas”, detalha Ana Carolina Pádua Lopes, coordenadora do departamento.

Covid-19

Ainda de acordo com o departamento, a vacinação contra a covid segue normalmente, mas mudou de local. Antes restrita a UBS Central, está momentaneamente sendo realizada de forma exclusiva na UBS do Bairro Boa União, agora em uma segunda sala local. “Foi uma forma de diminuir o tempo de espera das pessoas. Na UBS Central, por lá ocorrerem as imunizações de rotina, às vezes a fila era um pouco maior. E também como forma de otimizar as equipes e horários para que nenhuma das campanhas ou trabalho de rotina seja paralisado ou tenha intervalos em cronograma diário”, conclui.

Atualmente, podem buscar a imunização contra a covid os seguintes grupos:

– Segunda dose de reforço (quarta geral): maiores de 40 anos e profissionais da saúde;

– Primeira dose de reforço (terceira geral – todos acima de 12 anos

– Segunda dose geral: de acordo com os prazos, variados de acordo com a data da realização da primeira dose;

– Primeira dose geral: todos acima de três anos.

Números

Estrela possui até o momento (contabilizados os números até quarta-feira, 04/08) 28.469 cidadãos acima dos três anos com a primeira dose (D1), o que equivale a 93,6% de um total estimado de 30.4 mil cidadãos a serem imunizados. O número de vacinados por completo (duas doses) é de 27.903 (91,7%), e não contabiliza as unidades da Janssen, já que estas entram para a contagem de reforço. A primeira dose de reforço (R1/D3) já foi aplicada a 13.492 estrelenses e a quarta dose, segunda de reforço (D4/R2) a 3.687. Mais informações pelo WhatsApp (51) 9 9127-9045 e pelo telefone (51) 3981-1118

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui