Secretaria da Saúde de Estrela aplica testes rápidos da Covid-19 em pacientes

Objetivo da iniciativa é levantar A real situação dos casos com sintomas leves e em isolamento domiciliar.


0
Foto: Paulo Ricardo Schneider

A prefeitura de Estrela, por meio da Secretaria da Saúde, iniciou um estudo no município para projetar estratégias para o enfrentamento da Covid-19 e decisões a serem tomadas pelo Poder Público Municipal. Para tanto, estão sendo feitos testes rápidos, adquiridos pela prefeitura, em pessoas com sintomas leves da doença e que se encontram em isolamento domiciliar. “Será feita uma pesquisa por amostragem em parte dos 121 pacientes que hoje estão isolados, no período adequado para a realização do exame”, explica a coordenadora da Vigilância em Saúde da Secretaria da Saúde, enfermeira Carmen Hentschke.

Conforme Carmen, que está realizando o trabalho junto com a coordenadora da Atenção Básica, enfermeira Leandra Baldissarelli, a pesquisa estimará, pela amostragem, o percentual da população infectada pela Covid-19, e qual a incidência da doença no grupo de pessoas com sintomas leves e em isolamento.

Ela lembra que desde 22 de março, portaria do Ministério da Saúde determinou a realização de testes somente em pacientes internados e com sintomas graves, o que pode não refletir a realidade da propagação do coronavírus. O estudo é feito por meio de visitas a residências e vai abranger os bairros e localidades do interior onde há casos suspeitos em isolamento.

Os participantes serão submetidos ao teste rápido para o vírus, com a coleta de uma gota de sangue. O resultado é conhecido em 15 minutos. Por meio da amostragem, o governo quer ter uma visão global da evolução da doença no município.

A Secretaria não definiu um prazo para encerrar a aplicação dos testes e conclusão do estudo. Boletim diário divulgado na quinta-feira (23) pelo município informou a realização, até essa data, de 46 coletas (35 pelo laboratório do Estado, 8 por laboratórios privados e três testes rápidos); sete pacientes positivos (três já curados e quatro em monitoramento domiciliar); 35 testes com resultado negativo; quatro coletas aguardando resultado e 121 casos suspeitos em isolamento domiciliar. AI/RC

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui