Secretaria da Saúde de Lajeado reforça prevenção e diagnóstico precoce no Dia Mundial de Combate à Aids

Nas Unidades de Saúde, as ofertas de teste rápido serão intensificadas.


0
Foto: Divulgação

Nesta terça-feira (1º), é o Dia Mundial de Combate à AIDS. Para marcar a data, o Serviço de Assistência Especializada (SAE), vinculado à Secretaria da Saúde (Sesa) da Prefeitura de Lajeado, preparou uma ação com o intuito de conscientizar as pessoas sobre a prevenção e do diagnóstico precoce da doença.

Nas Unidades de Saúde, as ofertas de teste rápido serão intensificadas. Conforme a coordenadora do SAE, Waldirene Bedinoto, todos os anos o SAE realiza eventos alusivos à data como, por exemplo, as tendas com orientações e serviços em locais estratégicos.

Neste ano, em razão do coronavírus, as atividades externas não podem ser realizadas, o que tem dificultado o acesso das pessoas ao serviço e, consequentemente, reduzido o número de novos casos diagnosticados. Contudo, Waldirene ressalta da importância de as pessoas procurarem pelos testes rápidos nas Unidades de Saúde e no SAE, pois o diagnóstico precoce da doença garante mais qualidade de vida.

“Infelizmente ainda existe muito preconceito, o que prejudica as pessoas que vivem com a doença, fazendo com que elas tenham medo de procurarem o serviço por medo de serem reconhecidas e tomarem a medicação. A melhor forma de prevenção é o conhecimento, a testagem rápida e o uso de preservativo”, ressaltou Waldirene.

Saiba mais sobre a Aids

A Aids (Síndrome de Imunodeficiência Adquirida) é uma doença do sistema imunológico resultante da infecção pelo vírus HIV (vírus da imunodeficiência humana), que destrói as células de defesa do organismo, deixando o indivíduo sujeito a várias doenças e infecções que podem levar à morte. O teste rápido de HIV é gratuito, seguro e confidencial. No exame rápido, o resultado sai em até 15 minutos. O exame está disponível nas unidades de saúde do município e no SAE.

HIV/AIDS em números no SAE

– Total de pacientes acompanhados pelo SAE: 1.830

– Total de novos casos diagnosticados em 2019 pelo SAE: 123

– Total de novos casos diagnosticados até 30/11 em 2020: 92

– Entre janeiro e setembro de 2019, foram testadas 14 mil pessoas. No mesmo período em 2020, foram testadas 7 mil pessoas.

– Desde 1999, o total de óbitos por HIV da região atendida pelo SAE foi 234, sendo 161 do sexo masculino e 71 do sexo feminino. AI/RC

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui