Secretaria da Saúde e Cosems orientam municípios a usarem vacinas excedentes para avançar imunização dos grupos prioritários

Decisão conjunta permite que municípios gaúchos, conforme a realidade local, avancem na imunização dos grupos prioritários


0
Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini

A Secretaria da Saúde (SES) e o Conselho das Secretarias Municipais da Saúde (Cosems) decidiram, nesta quarta-feira (12/5), sobre a distribuição de doses excedentes e remanescentes na Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19. A pactuação foi realizada em reunião da Comissão Intergestores Bipartite, da qual fazem parte Estado e municípios.

A decisão conjunta permite que municípios gaúchos, conforme a realidade local, avancem na imunização dos grupos prioritários, seguindo a lista do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação (PNO). Doses excedentes são as doses que ficam disponíveis nos municípios após completar 90% da população estimada do público prioritário vigente.

As doses remanescentes são as populares “xepas”, ou seja, doses que sobram nos frascos abertos ao final do dia e que não podem ser reaproveitadas no dia seguinte em função do tempo de conservação do produto após aberto.

Fonte: Governo RS

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui