No primeiro repasse do mês para a área da saúde, a Secretaria da Fazenda do Rio Grande do Sul liberou, nessa segunda-feira, um total de R$ 24,8 milhões.

Os recursos têm como finalidade o custeio pelos serviços de internação hospitalar aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) com as quais a Secretaria da Saúde mantém convênio.

A cota para o custeio da saúde ao longo do mês de maio, que inclui ainda programas com as prefeituras, está projetada em R$ 176 milhões. Os repasses foram possíveis com o ingresso de arrecadação do ICMS. Correio do povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui