Secretaria do Meio Ambiente monta equipe especialmente para combate aos mosquitos em Lajeado

Com a chegada dos dias mais quentes, prefeitura organiza mutirão para combate aos mosquitos culex e borrachudos


0
Luís Benoit, secretário de Meio Ambiente de Lajeado (Foto: Tiago Silva)

Em função da alta demanda e como forma de otimizar os trabalhos, a Secretaria de Meio Ambiente de Lajeado destacou uma equipe com quatro servidores especialmente para atuar no combate aos mosquitos culex e os borrachudos no município. Na última quarta-feira (13), a pasta deu início a um mutirão pelo centro da cidade. As ações de combate e de prevenção à proliferação são realizadas ao longo de todo o ano, mas se intensificam com a chegada do calor.

“Esse ano a gente vai conseguir realizar um trabalho um pouco mais focado nesta parte dos mosquitos, basicamente os vetores, que são mosquitos, ratos e baratas. Dois anos a gente foi um pouco prejudicados pela questão da pandemia. E agora, pela primeira vez, a Secretaria do Meio Ambiente vai ter uma equipe exclusiva só para isso”, explica o secretário Luís Benoit. “Se iniciou na região do Centro, que a gente chama de Bairro Praia, nessa parte que estávamos com maior demanda. Se iniciou o trabalho ali, e agora tende a decorrer o trabalho nos demais bairros”, aponta.

O secretário conta que será feito um trabalho especial no Arroio do Engenho, desde a sua nascente no Bairro Centenário, para identificar se há há acúmulos de água e criação de larvas de mosquitos. Benoit explica que o borrachudo se cria em água corrente, e o pernilongo comum em água parada.

As maiores demandas que chegam à Prefeitura de Lajeado são atrás do campo do São Cristóvão, na área do chamado “Bairro Praia”, no Centro, e no Bairro Moinhos. Em Lajeado, existem 60 pontos fixos de monitoramento no controle aos mosquitos, e novos locais são procurados para evitar a proliferação.

“O principal do nosso monitoramento é a parte de córregos, das áreas verdes, as bocas-de-lobo. Onde há o acúmulo de água em espaços públicos, a gente vai fazer o controle. Então, na semana passada, a gente foi fazer o Arroio Saraquá e se deparou com eucaliptos gigantes barrando a água e gerando uma grande quantidade de larva. A equipe tem que fazer a retirada dos eucaliptos”, exemplifica Benoit.

Quem desejar informar sobre possíveis focos em áreas públicas e apresentar sugestões à Secretaria de Meio Ambiente de Lajeado pode entrar em contato pelo telefone (51) 3982-1222 ou pelo WhatsApp (51) 9 8035-9360.

Texto: Tiago Silva
web@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui