Segunda-feira com 909 novos casos de Covid-19 e 30 óbitos no RS

As mortes ocorreram entre os dias 7 e 23 de novembro.


0
Foto: Reprodução / Shutterstock

O Rio Grande do Sul registra nesta segunda-feira (23), 909 novos casos de Covid-19 e chega a um total de 298.670. O número estimado de recuperados é de 276.366 (93% dos casos); em acompanhamento, 15.742 (5%); e 6.6.524 óbitos no total, sendo que 30 deles ocorridos entre os dias 7 e 23 de novembro e divulgados nesta segunda pela Secretaria Estadual da Saúde.

Os óbitos mais recentes são:

Alvorada (mulher, 56 anos)
Arvorezinha (homem, 70 anos)
Augusto Pestana (homem, 72 anos)
Boqueirão do Leão (homem, 62 anos)
Caibaté (mulher, 83 anos)
Canoas (homem, 66 anos)
Canoas (homem, 69 anos)
Caxias do Sul (homem, 66 anos)
Cidreira (mulher, 73 anos)
Coronel Bicaco (homem, 79 anos)
Erechim (mulher, 93 anos)
Esteio (mulher, 77 anos)
Estrela (mulher, 90 anos)
Gravataí (homem, 85 anos)
Guaíba (mulher, 45 anos)
Novo Hamburgo (mulher, 64 anos)
Novo Hamburgo (homem, 73 anos)
Panambi (mulher, 70 anos)
Parobé (homem, 77 anos)
Porto Alegre (homem, 94 anos)
Rio Pardo (homem, 83 anos)
Santo Augusto (homem, 84 anos)
Santo Cristo (homem, 69 anos)
São Marcos (mulher, 79 anos)
Sapiranga (homem, 60 anos)
Taquara (mulher, 84 anos)
Toropi (homem, 72 anos)
Três Coroas (homem, 48 anos)
Venâncio Aires (mulher, 81 anos)
Viamão (mulher, 65 anos)

Brasil

O Brasil tem 169.213 mortes por coronavírus e 6.073.058 casos confirmados até às 13h desta segunda-feira (23), segundo levantamento do consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde. Desde o balanço das 20h de domingo (22), cinco estados atualizaram seus dados: CE, GO, MS, PE e RN.

Às 8h, o consórcio publicou a primeira atualização do dia com 169.205 mortes e 6.071.584 casos. No domingo, às 20h, o balanço indicou: 169.197 mortes, 181 em 24 horas. Com isso, a média móvel de mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 484. A variação foi de +43% em comparação à média de 14 dias atrás, indicando tendência de alta nas mortes por Covid. Fonte: G1

Texto: Rita de Cássia
redacao@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui