Segunda-feira com 94 óbitos por Covid-19 e 2.412 novos casos no RS

As mortes divulgadas no boletim mais recente ocorreram entre 27 de novembro e 14 de dezembro.


0
Foto: Reprodução / Shutterstock

O Rio Grande do Sul registra nesta segunda-feira (14) 2.412 novos casos de Covid-19 e chega a um total de 378.893. O número estimado de recuperados é de 351.491 (93% dos casos); em acompanhamento, 19.676 (5%); e 7.681 óbitos no total, sendo que 94 foram divulgados nesta segunda pela Secretaria Estadual da Saúde.

Os óbitos mais recentes são:

  • Barra do Ribeiro (homem, 64 anos)
  • Barra do Rio Azul (homem, 93 anos)
  • Bento Gonçalves (mulher, 86 anos)
  • Bento Gonçalves (homem, 81 anos)
  • Cachoeirinha (mulher, 61 anos)
  • Campo Bom (mulher, 85 anos)
  • Canela (homem, 74 anos)
  • Canoas (mulher, 71 anos)
  • Canoas (mulher, 82 anos)
  • Canoas (mulher, 79 anos)
  • Canudos do Vale (homem, 88 anos)
  • Catuípe (mulher, 85 anos)
  • Caxias do Sul (homem, 71 anos)
  • Crissiumal (homem, 86 anos)
  • Eldorado do Sul (homem, 51 anos)
  • Erechim (homem, 88 anos)
  • Erechim (homem, 89 anos)
  • Erechim (homem, 88 anos)
  • Erechim (homem, 91 anos)
  • Erval Seco (homem, 67 anos)
  • Esteio (homem, 71 anos)
  • Esteio (mulher, 59 anos)
  • Farroupilha (homem, 54 anos)
  • Garibaldi (homem, 64 anos)
  • Garruchos (mulher, 81 anos)
  • Giruá (homem, 63 anos)
  • Gravataí (homem, 66 anos)
  • Gravataí (mulher, 64 anos)
  • Guaíba (homem, 34 anos)
  • Ibirapuitã (homem, 84 anos)
  • Lajeado (mulher, 72 anos)
  • Mariano Moro (homem, 82 anos)
  • Nova Petrópolis (homem, 69 anos)
  • Nova Roma do Sul (homem, 53 anos)
  • Novo Hamburgo (homem, 66 anos)
  • Novo Hamburgo (homem, 77 anos)
  • Novo Hamburgo (homem, 80 anos)
  • Novo Hamburgo (mulher, 56 anos)
  • Novo Hamburgo (homem, 77 anos)
  • Novo Hamburgo (mulher, 71 anos)
  • Palmares do Sul (homem, 59 anos)
  • Palmeira das Missões (homem, 56 anos)
  • Passo Fundo (mulher, 83 anos)
  • Passo Fundo (homem, 68 anos)
  • Pedro Osório (mulher, 105 anos)
  • Pelotas (mulher, 78 anos)
  • Pelotas (mulher, 55 anos)
  • Pelotas (mulher, 76 anos)
  • Pelotas (homem, 89 anos)
  • Pelotas (homem, 68 anos)
  • Piratini (homem, 57 anos)
  • Porto Alegre (mulher, 75 anos)
  • Porto Alegre (homem, 63 anos)
  • Porto Alegre (mulher, 73 anos)
  • Porto Alegre (homem, 97 anos)
  • Porto Alegre (homem, 86 anos)
  • Porto Alegre (homem, 76 anos)
  • Porto Alegre (homem, 78 anos)
  • Porto Alegre (homem, 75 anos)
  • Porto Alegre (homem, 69 anos)
  • Porto Alegre (mulher, 61 anos)
  • Porto Alegre (homem, 81 anos)
  • Porto Alegre (homem, 77 anos)
  • Porto Alegre (homem, 67 anos)
  • Porto Alegre (homem, 67 anos)
  • Porto Alegre (mulher, 73 anos)
  • Porto Alegre (homem, 45 anos)
  • Porto Alegre (homem, 96 anos)
  • Porto Alegre (homem, 68 anos)
  • Porto Alegre (homem, 77 anos)
  • Santa Bárbara do Sul (homem, 74 anos)
  • Santa Maria (homem, 81 anos)
  • Santa Maria (mulher, 81 anos)
  • Santa Maria (homem, 63 anos)
  • Santa Rosa (homem, 66 anos)
  • Santo Ângelo (homem, 25 anos)
  • Santo Ângelo (homem, 54 anos)
  • Santo Ângelo (homem, 61 anos)
  • Santo Antônio da Patrulha (homem, 48 anos)
  • São Borja (homem, 88 anos)
  • São Gabriel (homem, 75 anos)
  • São Jerônimo (homem, 49 anos)
  • São Martinho (mulher, 77 anos)
  • Sapiranga (homem, 43 anos)
  • Sapiranga (homem, 52 anos)
  • Sapucaia do Sul (mulher, 60 anos)
  • Sobradinho (mulher, 72 anos)
  • Soledade (mulher, 87 anos)
  • Taquara (homem, 67 anos)
  • Taquari (homem, 78 anos)
  • Torres (mulher, 51 anos)
  • Veranópolis (homem, 67 anos)
  • Veranópolis (mulher, 79 anos)
  • Viamão (homem, 84 anos)

Brasil

O Brasil tem 181.460 mortes por coronavírus confirmadas e 6.903.833 casos confirmados até às 13h desta segunda-feira (14), segundo levantamento do consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde. No domingo (13), às 20h, o balanço indicou: 181.419 mortes, 276 em 24 horas. Com isso, a média móvel de novas mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 637. A variação foi de +23% em comparação à média de 14 dias atrás, indicando tendência de alta nos óbitos pela doença.

Texto: Rita de Cássia
redacao@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui