Segunda-feira com quatro casos de Covid-19 atribuídos ao Vale do Taquari

Região soma 7.469 testes positivos da doença e tem 91% de recuperação.


0
Foto: Ilustrativa

Esta segunda-feira (7), feriado nacional pelo Dia da Independência do Brasil, teve mais quatro casos de Covid-19 atribuídos ao Vale do Taquari pela Secretaria Estadual da Saúde. Agora a região tem 7.469 testes positivos desde o começo da pandemia, sendo que 91% dos pacientes estão recuperados da doença.

Nesta data foram confirmados mais dois pacientes de Lajeado, um de Cruzeiro do Sul e outro de Teutônia. O último fim de semana teve 117 infecções informadas para a região, sendo 97 no sábado (5) e 20 no domingo (6).

Lajeado é o primeiro colocado no Vale do Taquari em número absoluto de casos. De acordo com o Estado soma 2.995 testes positivos e segundo a Prefeitura são 3.014. A diferença ocorre pois a Secretaria Estadual da Saúde leva alguns dias para confirmar ou descartar as infecções relatadas pelos municípios. Ainda de acordo com a administração são 2.839 recuperados (94,1%), 139 ativos (4,6%) e 36 mortes (1,2%).

O Vale do Taquari tem 7.469 casos da Covid-19 desde o começo da pandemia, sendo que 6.801 pessoas estão recuperadas (91%), 567 em tratamento (7,5%) e 101 faleceram (1,4). Há uma morte, de Taquari, ainda não reconhecida pelo Estado. O homem de 43 anos, sem doença associada, morreu na última sexta-feira (4).

Covid-19 no RS e no Brasil

O Rio Grande do Sul registrou 39 novos casos da Covid-19 nesta segunda-feira. Foram confirmados mais 17 óbitos ocorridos entre os dias 3 e 7 de setembro. O total de casos confirmados é de 143.952. Entre os pacientes 131.093 estão recuperados (91%), 9.103 em acompanhamento (6%) e 3.756 faleceram. A mortalidade é de 33,0 a cada 100 mil habitantes – 25ª colocação nacional – e a letalidade aparente de 2,6%.

Porto Alegre é o primeiro município gaúcho em número absoluto de casos confirmados. Tem 18.832, sendo cinco desta segunda-feira. Foi o município gaúcho com mais registros nas últimas 24 horas. Também lidera em óbitos, tendo 764 já relatados, quatro deles informados nesta segunda-feira. Em proporção quem lidera é Nova Araçá, na Serra. São 557 testes positivos contra aproximadamente 4,8 mil moradores. A incidência é de 11.704,1 a cada 100 mil habitantes.

O Brasil tinha 4.137.521 casos confirmados até as 19h do domingo (6), quando o governo federal fez a atualização mais recente no site Coronavírus Brasil. Eram 3.317.227 recuperados (80%), 693.644 em tratamento (16,7%) e 126.650 óbitos (3,1%). No país a mortalidade é de 60,3 e a letalidade aparente de 3,1%.

Leitos de UTI no Vale

Dos 65 leitos de UTI nos hospitais do Vale do Taquari, 51 estavam ocupados às 15h15 desta segunda, ou seja, 78,5%. Vinte e oito das pessoas da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) estão em espaços Covid-19. São 24 com confirmação e quatro com suspeita para a doença. Outras 23 estão em UTI normal, sem ligação com a doença.

O Hospital Bruno Born, de Lajeado, tem 30 leitos de UTI, sendo 22 ocupados (73,3%). São 15 pacientes na UTI Adulta e sete na UTI Covid. Há quatro com confirmação para o vírus e três com suspeita da doença.

O Hospital Estrela, em Estrela, dispõe de 20 leitos de UTI, sendo que 17 estão ocupados (85%). São nove na UTI Covid, sendo um com suspeita e os demais com confirmação para a doença, e oito na UTI Adulta.

O Hospital Beneficente Santa Terezinha, de Encantado, tem cinco leitos de UTI e quatro estão ocupados por pacientes confirmados para a Covid-19. A lotação é de 80%.

Já o Hospital de Caridade São José, de Taquari, tem oito internados na UTI Covid, todos eles com confirmação para a doença. Como são dez leitos em Taquari, a ocupação na casa de saúde é de 80%.

No Rio Grande do Sul a ocupação de leitos era de 76,1%. Dos 2.481 disponíveis, 1.925 estavam ocupados. A macrorregião dos Vales, que tem 145 leitos à disposição, apresentava ocupação de 68,3%, com 99 em uso. O grupo conta com as regiões de Cachoeira do Sul, Lajeado e Santa Cruz do Sul. São 52 em espaços Covid e 47 em UTI Adulto.

Texto: Natalia Ribeiro
jornalismo@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui